Boavista 2014/15: as panteras negras voltam... Para ficar?

Boavista 2014/15: as panteras negras voltam... Para ficar?

A equipa do Porto volta à Primeira Liga após ser readmitida depois da descida administrativa pelo caso "Apito Dourado" em 2008. Seu objectivo, mesmo difícil, está muito claro: a manutenção.

Robayna
Miguel G. Robayna

Sete épocas depois, o Boavista FC volta à Primeira Liga. Ao final da época 2007/08, quando acabou no 9º lugar, a equipa das panteras recebeu as consequências do caso "Apito Dourado". A sentença do caso ditou que o Boavista tinha que descer à 2ª Liga de Portugal por suborno, ocorrido no ano 2004. Mas as dívidas do clube, devido ao avultado custo do seu novo estádio, somadas à perda de «sponsors», enviaram ao clube axadrezado para terceira divisão do futebol português. Nesta categoria esteve deambulando até à época 2013/14, quando foi considerado nulo o caso de corrupção pelo qual fora despromovido, acabando readmitido de novo na máxima competição do futebol português.

O Boavista voltou à Primeira Liga mas o clube segue sofrendo as consequências económicas da despromoção e tem o orçamento mais baixo da Liga, com 1,5 milhões de euros, pelo que o clube precisa da manutenção no primeiro nível nacional para sanear-se economicamente. Devido a isto, o clube teve de construir um plantel novo, com a dificuldade de ter de se adaptar às exigências da Primeira Liga. O relvado do Estádio do Bessa XXI é sintético, o único na categoría, o que pode ser a única vantagem que podem ter.

A equipa técnica, além de apostar em figuras chave na história axadrezada (Jorge Couto, Alfredo, Frechaut, João Loureiro), tem mantido o treinador dos últimos anos, Petit, ele que foi campeão da Liga como jogador no 2001, o único título de liga do Boavista. Quanto ao plantel, as panteras contrataram no total 21 jogadores, eles todos a custo zero ou em empréstimo. Pelo contrário, venderam onze jogadores, alguns deles logo depois de contratados. 

O clube só mantem dez jogadores da época passada: aqueles que formavam a base do onze inicial no CNS (Campeonato Nacional de Seniores). Seu plantel é um pouco peculiar, com dez nacionalidades distintas, o que certamente dificultará o entendimento entre eles.

Os axadrezados estão no primeiro lugar de candidatos à descida devido ao baixo nível do plantel. A pouco experiência na Primeira Liga da maioria dos jogadores e o salto de duas categorias num só ano são os principais motivos para pensar que os boavisteiros serão um claro candidato a descer. Depois das primeiras jornadas, onde seus adversários expuseram as fraquezas boavisteiras, o Boavista deverá procurar a fortaleza do Estádio do Bessa Século XXI e seus fieis adeptos para se fincar, com as garras da pantera, à Primeira Liga. Os axadrezados voltaram depois de sete anos de ausência mas... será mesmo para ficar?

Possível onze tipo

Dados do clube

Nome: Boavista Futebol Clube

Fundação: 1 de Agosto de 1903

Participações na Primeira Liga: 51

Melhor clasificação: 1º posição na época 2000/01.

Títulos: Liga 1ª (00/01), Liga 2ª (36/37) , 2ª Divisão (49/50), 5 Taças de Portugal (74/75,  75/76, 78/79, 91/92 e 96/97) e 3 Supertaças (79/80, 92/93 e 97/98).

Plantel

Nome Posição Procedência  Nacionalidade Idade
Mika Guarda-redes Atlético CP Portugal 23
Daniel Monllor Guarda-redes Nueva Chicago Argentina 30
Mamadou Ba Guarda-redes UD Oliveirense Senegal 29
João Dias Lateral direito Académica Portugal 27
Pedro Costa Lateral direito Boavista Portugal 32
Brayan Beckeles Lat. dir/Médio Olimpia (HON) Honduras 28
Afonso Lateral esquerdo Boavista Portugal 21
Anderson Correia Lateral esquerdo Sao Paulo Brasil 23
Fábio Ervões Defesa central FC Penafiel Portugal 27
Lucas Defesa central Libre Brasil 23
Carlos Santos Defesa central Boavista Portugal 25
Philipe Defesa central Paulista FC Brasil 19
Tengarrinha Trinco GD Chaves Portugal 25
Idris Mandiang Trinco Moreirense FC Senegal 27
Anderson Carvalho Trinco Santos FC Brasil 24
Miguel Cid Trinco Boavista Portugal 22
Diego Lima Médio centro Atlético CP Brasil 25
Rui Gomes Médio centro Boavista Portugal 27
Samu Médio centro Boavista Portugal 18
Ancelmo Médio centro Bragantino (BRA) Brasil 24
Brito Extremo Gil Vicente FC Cabo Verde 26
Quincy Owusu-Abeyie Extremo Libre Gana 28
Yoro Lamine Ly Extremo FC Shirak Gyumri Senegal 26
Julian Extremo Boavista Argentina 25
Shihao Wei Extremo Shandong Lunens China 19
Ryan Yuuki Hirooka Extremo Libre Japón 24
Leozinho Extremo Santa Cruz FC Brasil 26
Christian Pouga Avançado Libre Camarões 28
José Manuel Avançado Boavista Portugal 23
Bobô Avançado Boavista Brasil 32
Fary Avançado Boavista Senegal 39

Treinador

Nome: Armando Gonçalves Teixeira "Petit"                 
Temporadas no clube: Desde 2012/13
Trajectória: Boavista (desde outubro 2012)
Títulos: Não tem

Devido ao amor que lhe tem o clube axadrezado, aqui pendurou as botas após uma grande trajectória como jogador e aqui se fez treinador, em 2012 para pegar nas rédeas do Boavista FC no Campeonato Nacional de Séniores. Defrontará seu primeiro grande desafio como treinador, já que a vertiginosa subida (de duas categorias), tanto para os jogadores como para ele, será uma barreira tremendamente difícil de superar. Tem sofrido muitas dificuldades para, por fim, fechar o plantel.

Seus resultados, até agora, têm sido interessantes a pesar de que sempre tem estado na terceira categoria. No passado ano, misturou a veterania e a juventude dos jogadores para recuperar o estilo "Boavistão". Venceu a Serie C do CNS, mas na fase de promoção só puderam ficar no 4º lugar atrás do Freamunde, Guimarães B e Vizela, se calhar pela relaxação de saber que esta época já iam a jogar na Primeira Liga.

O líder

Nome: José Claudeon dos Santos "Bobô"
Temporadas no clube: Desde 2013/14
Posicão: Avançado
Trajectória: Elvas, Meruge, Nogeirense, Mileu Guarda, Satão, 
Sanjoanense, Moreirense, Fafe, Vasas, Boavista.

O brasileiro vai a iniciar sua segunda época no clube da pantera negra. A época passada foi o melhor jogador da equipa, além de máximo goleador. Seus 18 goles nos 25 jogos do CNS lhe tem valido para ficar no clube e ser titular nos primeiros jogos da época. O "matador" assumiu ser o líder da equipa e encaixou perfeitamente no esquema de Petit.

É rápido, intuitivo, goleador, mas sua maior virtude é o jogo aéreo. Os adeptos do Boavista consideram-no já como um ídolo. Ver-se-á se esta época consegue uma boa cifra goleadora para confirmar se realmente é tão bom como demonstrou no CNS.

Jogador a seguir

Nome: Quincy Owusu-Abeyie
Temporadas no clube: Desde 2014/15
Posicão: Extremo

Trajectória:  Ajax, Arsenal, Spartak Moscú, Celta Vigo, Birmingham, 
Cardiff, Portsmouth, Al-Sadd, Málaga, Panathinaikos, Boavista.

É junto a Fary e Pedro Costa o jogador com mais trajectória no clube, mas é o jogador a seguir por ser mais jovem dos três (28). Após ter passado por grandes equipas como Ajax, Arsenal ou Panathinaikos, o ganês com passaporte estadunidense chega à Primeira Liga para demonstrar que pode voltar a relançar sua carreira.

Quincy será fundamental pelos corredores, já seja o esquerdo ou o direito, e utilizará sua velocidade para abastecer de bolas aos avançados axadrezados. O Boavista precisa que seus jogadores mais experimentados deem um passo adiante e levem à equipa nas costas, e Quincy é um deles. 

VAVEL Logo
CHAT