Mourinho empurra Chelsea na liderança e Wenger empurra Mourinho
FOTO: ADRIAN DENNIS/AFP

Mourinho empurra Chelsea na liderança e Wenger empurra Mourinho

Na 7ª jornada da Premier League, o Chelsea de José Mourinho bateu o Arsenal, orientado por Arsene Wenger, por 2-0. Porém, os treinadores acabaram por ser os maiores protagonistas da partida.

maraguerra
Mara Guerra

A recepção ao Arsenal, em Stamford Bridge, correu de feição à equipa orientada por José Mourinho, que não só bateu o rival em derby londrino, como consolidou a liderança na Premier League. O Chelsea é actualmente líder com 19 pontos, seguindo do Manchester City, que está a cinco.

Foi Eden Hazard que tomou a cortesia de inaugurar o marcador, aos 27 minutos, na conversão de uma grande penalidade. O jogo seguiu disputado, embora com ascendência para o lado dos Blues, que dominaram, de forma segura, a partida. E aos 77 minutos, Diego Costa, em demonstração de um bom golo de chapéu, fechou o marcador nos 2-0. O avançado, contratado esta época ao Atlético de Madrid, já conta com 9 golos em 7 jogos e é, provisoriamente, o melhor marcador da principal liga inglesa.

Tensão na bancada

O jogo adivinhava-se tenso, motivado pelo atraso de 15 minutos no apito inicial, para resolução de confrontos entre as claques. E, logo no decorrer da primeira parte, Arsene Wenger confirmou-o. O treinador do Arsenal não gostou da entrada dura de Tim Cahill sobre Alexis Sanchez e demonstrou-o. Mourinho pediu-lhe que se dirigisse ao seu banco e… levou um empurrão.

O momento de conflito entre os técnicos teve de ser travado pelo árbitro da partida e ainda estará por decidir um eventual castigo a Wenger. No final, o português minimizou o sucedido: «O empurrão? Não há problema. Faço tanta coisa errada no futebol… mas não desta vez».

O treinador francês e José Mourinho têm conhecida relação de antipatia, sendo que o próprio histórico de confrontos entre os técnicos poderá ser motivador de tensão: Wenger nunca saiu vitorioso em partidas frente ao português e, no último encontro entre o Chelsea e o Arsenal, os Blues ganharam por 6-0, no dia em que o francês comemorava o 1000º jogo pelos Gunners.

VAVEL Logo
CHAT