Gonçalo Paciência em estreia: Um sonho de criança realizado
Foto: Manuel Araújo

Gonçalo Paciência em estreia: Um sonho de criança realizado

O avançado Gonçalo Paciência, da formação portista. estreou-se pelo FC Porto no último jogo, para a Taça da Liga, contra o Braga. A promessa atacante, rebento de Domingos Paciência, não pôde conter a felicidade do sonho concretizado.

catarinafaria
Catarina Faria

Filho do antigo e prestigiado técnico português Domingos Paciência (também avançado enquanto jogador de alta reputação), estreou-se na equipa principal dos dragões frente ao Sporting de Braga, numa partida a contar para a fase de grupos da Taça da Liga concretizando assim, um sonho de criança.

Gonçalo Paciência, jovem de apenas 20 anos internacional português, que actua pelo FC Porto B ontem num encontro, onde antes do fim da primeira parte a formação azul e branca se viu obrigada a jogar com menos 2 jogadores devido à expulsão de Evandro e Reyes, estreou-se pela equipa A dos dragões.

O jovem avançado passou pelos escalões de formação do FC Porto e actualmente vai brilhando na equipa B, contando já 5 golos no presente campeonato. É um típico “9”, muito forte fisicamente e com uma boa leitura de jogo. Desmarca-se muito bem, é um jogador criativo e tem classe quando tem a bola nos pés. Possui uma excelente capacidade de passe. É dono de um excelente remate de longa distância e não perdoa na hora de finalização.

Com apenas 20 anos, o jovem portista tem ainda uma grande margem de progressão. Lopetegui tem aqui a oportunidade de lapidar mais um diamante português que poderá render um bom encaixe financeiro e um futuro avançado da Selecção A.

É caso para dizer «Tal pai, tal filho»

Este provérbio encaixa que nem uma luva no jovem prodígio portista, visto que repete o que se sucedeu com seu o pai em 1987, na Taça de Portugal.

Domingos (378 jogos, 144 golos) tinha apenas 18 anos e dez meses quando foi aposta de Ivic e se estreou pela equipa principal azul e branca em Moura, a 21 de Dezembro de 1987, num encontro a cantar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, na qual os dragões conseguiram vencer por 2-0, com golos de Juary e Raudnei.

Esta é uma situação rara na história do clube em que pai e filho jogaram na equipa principal, feito até aqui conseguido apenas por António e Ricardo.

Felicidade partilhada nas redes sociais

Após o encontro de ontem à noite o jovem jogador expressou a sua felicidade no instagram: «Um dia que nunca vou esquecer, um dia em que concretizei um sonho de criança. Obrigado a todos que me acompanharam nesta caminhada, é de facto muito especial vestir esta camisola. Um orgulho ter estado hoje em campo, dia esse onde estiveram bem vincados os valores do Porto. O FC Porto é isto, é desta fibra que somos feitos. Obrigado por todas as mensagens de apoio. ISTO É O Futebol Clube do Porto. “Realizar um sonho é um bom motivo para abrir a porta para outros que estão para vir!»

VAVEL Logo
CHAT