Autor do gol da vitória, Júnior Urso revela desejo de marcar mais gols pelo Atlético-MG

Esse foi o segundo gol do volante na competição; primeiro foi exatamente contra o Sport, no confronto válido pelo primeiro turno

Autor do gol da vitória, Júnior Urso revela desejo de marcar mais gols pelo Atlético-MG
Foto: Bruno Cantini/Atlético

O Atlético-MG recebeu o Sport Recife na noite dessa quinta-feira (15), pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Independência, com o intuito de colar nos líderes. A vitória por 1 a 0 supriu as expectativas e deixou a equipe na terceira colocação da tabela, com 45 pontos, três a menos que o líder Palmeiras. O autor do gol solitário da equipe alvinegra foi o volante Júnior Urso, que marcou aos 13 minutos da etapa complementar.

Depois de uma bela jogada do venezuelano Otero, Urso finalizou de fora da área no canto direito do goleiro Agenor. A reação rápida do jogador surpreendeu e garantiu a vitória para o Galo. “Eu já sabia que eu estava sozinho. Pedi o passe para o Otero, ele dividiu a bola e sobrou para mim. Não pensei duas vezes, chutei, graças a Deus entrou, foi no canto da rede. Feliz pelo gol e pela vitória”, disse o volante.

No primeiro turno da competição, Urso marcou diante da equipe pernambucana no empate por 4 a 4. O volante cita o bom retrospecto diante do rubro-negro e revela o desejo de marcar mais vezes com a camisa do Atlético-MG. “Eu chego ao quinto gol com a camisa do Atlético, dois no Brasileiro e, por coincidência, os dois contra o Sport. Não quero ficar só nisso, quero ajudar com mais gols, com mais vitórias, como for solicitado”, disse.

A presença do volante nas jogadas ofensivas é um fato que agrada o técnico Marcelo Oliveira. Segundo Júnior Urso, essa é uma das recomendações do comandante, mas no momento certo, sem deixar o setor defensivo desprotegido. “O Marcelo já tinha dito para eu chegar mais ao ataque, mas não toda hora para não cansar e comprometer na defesa”, revelou.

O gol marcado é um incentivo a mais para o jogador em busca de retomar a boa fase depois do período lesionado. “Eu tive um começo de ano muito bom, depois sofri com lesões e tive uma queda de rendimento nos últimos dois meses. Aos poucos vou retomar isso. É ganhar ritmo de jogo e ajudar a equipe. Espero que a gente possa pontuar cada vez mais para alcançar a liderança tão sonhada”, concluiu.