Cuca ressalta bom desempenho e diz que é preciso dar sequência ao resultado

"Estamos contentes, agora tem que dar sequência ao resultado", disse o técnico após goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-PR

Cuca ressalta bom desempenho e diz que é preciso dar sequência ao resultado
Para o técnico, o resultado teria sido comemorado mesmo se fosse menor( Foto: Getty Images)

Cuca aproveitou a coletiva de imprensa após a goleada de 4 a 0 do Palmeiras contra o Atlético-PR neste sábado (14), no Allianz Parque,  para destacar o bom futebol apresentado pela equipe dentro de campo. Segundo ele, mesmo se o placar fosse de um gol de diferença, o resultado teria sido comemorado. 

O técnico comentou sobre a troca de posicionamento entre os jogadores, e a possibilidade de deixar os atletas sem posição definida será uma das características que ele pretende implementar a equipe. "Sim, mas quando você joga assim precisa ocupar os espaços certos, senão os jogadores ficam em um lugar e descampa tudo, mas no jogo, eles tiveram essa organização quando perdiam  a bola. Acho que, para um primeiro jogo, foi muito bom. Estamos contentes, agora tem que dar sequência ao resultado".

Perguntado sobre as peças de reposição do Palmeiras para os oito meses de campeonato, Cuca alegou que a equipe tem bons jogadores no banco de reservas, e que o trabalho de preparação contribui no condicionamento físico dos atletas sempre que forem necessários.

“Nós trabalhamos duas semanas e meia, e isso faz muita diferença no futebol. Qual treinador não queria trabalhar esse tempo como a gente trabalhou? As peças de reposição são boas, a gente tem até dificuldade em por o pessoal no banco porque eles tem muita qualidade. Eles vão entrar bem porque estão treinando bem", disse.

Cuca comentou a atuação de Gabriel Jesus, autor de dois dos quatro gols da partida e que participou das jogadas de finalização, além de possíveis sondagens de outros clubes interessados pelo atacante.

"Ele participou do primeiro gol que foi muito bonito, bem trabalhado. Depois, ele fez o segundo com o passe do Rafael Marques. É um jogador de muita velocidade, difícil de marcar. As vezes ele se perde na escolha de uma jogada, mas é natural, ele tem 19 anos. O Gabriel está contente no Palmeiras, não chegou nada até nós e conto com ele até o final do ano, pelo menos", afirmou.

Sobre o recém-contratado Tchê Tchê, Cuca elogiou o desempenho do atleta e afirmou que o meia conseguiu ligar os setores com sua velocidade. “Ele deu velocidade na junção da defesa e do meio campo para o ataque. É uma condução rápida, e nesse setor qualquer segundo que se perde faz o adversário se fechar", alegou, ressaltando o entrosamento entre o atleta e o volante Jean. "Quando o Jean vem, você perde a dinâmica mas ganha um pouco mais de segurança e velocidade pelo lado. Então eles se completaram bem hoje, e estão de parabéns dentro da função que eles tinham que exercer".

O Palmeiras volta a campo no próximo sábado (21) contra a Ponte Preta. O jogo será no estádio Moisés Lucarelli às 16h.