Com Marinho de fora, Argel ainda não definiu equipe que enfrenta o Cruzeiro no Barradão

Atacante não se recuperou de lesão na Coxa e desfalca Vitória mais uma vez; Fucks sabe do bom momento do Cruzeiro

Com Marinho de fora, Argel ainda não definiu equipe que enfrenta o Cruzeiro no Barradão
Foto: Francisco Galvão/Vitória

Na tarde desta sexta-feira (21), o Vitória voltou aos treinamentos com atenção voltada para o duelo contra o Cruzeiro no domingo (23) no Barradão. os jogadores, sob a  batuta de Argel Fucks, treinaram finalização boa parte do período. O comandante ainda não definiu os onze titulares para o próximo jogo e deve escolher no treinamento de amanhã.

A certeza que Argel tem é de que o atacante Marinho não poderá enfrentar o Cruzeiro. Recuperando-se de lesão grau 2 na coxa direita sofrida na partida contra o Grêmio, o camisa 7, que foi cogitado para atuar em 45 minutos do duelo contra a raposa mineira, foi vetado e só deverá voltar na 33° rodada, quando a equipe pegará o Fluminense. Nesta sexta, ele fez um trabalho especial com a preparação física.

Argel entende que Marinho é um desfalque importante e mostrou descontentamento em não poder utilizá-lo. No entanto, sabe que o atacante precisa de mais tempo de recuperação. "Marinho é um jogador importante, que faz falta em qualquer equipe, pela qualidade e pelo momento que vivia. Agora, a gente também tem que ter a tranquilidade e recuperar o jogador 100%. Não adianta colocar num jogo desse nível, intensidade alta, desgaste alto, se o jogador não estiver 100%. Fica difícil. Você acaba perdendo o Marinho não só para esse jogo, mas para o restante do ano. Quem sabe no próximo jogo ele possa estar à disposição.", afirmou.

Na quinta-feira (20), o treinador testou Euller e David no setor ofensivo para atuar junto de Kieza e Zé Love. O treinador ainda tem as opções de Alípio, Vander e do boliviano Ramallo. Porém tudo deverá ser definido no treinamento que antecede a partida.

Sobre o adversário do domingo, Argel afirmou querer a vitória, com ela, passaria o adversário de domingo. "Cruzeiro teve uma recuperação, depois de 12 ganharam um. Nós também tivemos agora três derrotas. Campeonato é muito difícil. Temos que viver o presente. Temos sete pela frente, quatro em casa. É fundamental ganhar os quatro. Qualquer vitória por placar simples nos coloca na frente do Cruzeiro. Independente de vir de classificação, isso não coloca na frente. Jogo duro, difícil, precisamos fazer o dever de casa, ganhar o jogo, porque aí passamos na frente. Campeonato está muito afunilado."

A torcida deverá comparecer em massa para ajuda o Vitória. Argel Fucks conta com ela, entendendo que seja um combustível extra. "Precisamos mobilizar a todos, jogadores, comissão técnica, torcedores. Precisamos de 25, 30 mil pessoas, que aí somos mais fortes. Temos uma equipe mais confiante, segura na partida, dá uma motivação a mais. É um jogo decisivo. Todo mundo está fazendo a sua parte. A gente espera o esforço de todos, que cada um possa fazer a sua parte para vencer a partida.", enfatizou.

No sábado, a equipe fará o último treinamento, sem a presença da torcida. A equipe entra em campo às 17h do domingo em casa contra o Cruzeiro. O resultado positivo tira o time da zona de rebaixamento, onde a equipe entrou na rodada passada após derrota para o Sport.