Pau Gasol faz crítica ao elenco do Chicago Bulls: "Não somos disciplinados"

Aos 35 anos e com 2 títulos da NBA no currículo, o ala-pivô Pau Gasol sente-se à vontade para ser bastante honesto à esta altura de sua carreira. No último domingo (31), após a pesada derrota do Chicago Bulls por 120 a 93 contra o Los Angeles Clippers, o espanhol foi bastante franco ao comentar sobre a irregularidade da equipe: “Nós não somos disciplinados. Não somos. É verdade, isso é um fato. ”, cravou o experiente jogador após a partida.

A declaração de Gasol parece ter sentido, visto que outro astro da equipe fez coro com o companheiro. “Tem sido assim durante toda a temporada”, comentou o armador Derrick Rose, que continuou: “Se eu pudesse fazer algo, tocar na ferida, eu o faria. Eu assisto muito basquetebol e penso muito a respeito da nossa situação (irregularidade da equipe), e só chego à conclusão de que devemos nos esforçar e nos manter atentos à estratégia do jogo”.

Rose, que já foi nomeado MVP da NBA em 2011, vem quebrando uma estatística negativa e não pode ser culpado pelo momento da equipe: após sofrer com sérias lesões nas últimas temporadas, o armador disputou 40 dos 46 jogos da equipe na temporada 2015-16 – todos como titular. Suas médias, porém, estão aquém daquelas registradas em seu auge. Nos 40 jogos, acumulou 15.4 pontos, 3.3 rebotes e 4.5 assistências por partida.

Após uma sequência de 6 vitórias consecutivas, que se encerrou no último dia 8, a equipe de Chicago vem alternando derrotas e vitórias nas últimas 12 partidas. Com tantos altos e baixos, a equipe acumula uma campanha de 26 vitórias e 20 derrotas, com 56,5% de aproveitamento, ocupando a 3ª posição da Conferência Leste da NBA.

Buscando reencontrar o caminho das vitórias e deixar para trás os altos e baixos, os Bulls terão uma missão um tanto complicada. Após disputar as duas últimas partidas fora de casa, o time ainda tem pela frente mais 5 confrontos na estrada, sendo o primeiro deles ainda hoje (1), contra o Utah Jazz.

VAVEL Logo