Jadon Sancho
Jadon Sancho
Football Player
Soccer

Jadon Sancho

2000 Londres


Jadon Malik Sancho, mais conhecido apenas como Jadon Sancho, é um jogador de 1,80 m que atua como atacante. Nasceu na cidade de Londres, capital da Inglaterra, no dia 25 de março de 2000. Seu pé preferido é o direito. Começou no Watford Football Club, mas, ainda na categoria de base, foi comprado pelo Manchester City Football Club em 2015. No entanto, em 2017, foi comprado pelo Borussia Dortmund pelo valor de 7 milhões de euros.

2007 a 2015: Watford
2015 a 2017: Manchester City
2017 a hoje: Borussia Dortmund

Destrinchando os talentos de Sancho

Natural Londres, na Inglaterra, Jadon Sancho é um dos jovens mais promissores do futebol mundial. Para comprovar tal expectativa, o atacante do Borussia Dortmund foi o primeiro jogador de todas as principais ligas europeias a ter dois dígitos em número de gols e de assistências na temporada 2019-20. Por sua verticalidade e habilidade com a bola nos pés, o jovem beira o sucesso internacional.

Sancho foi criado nas estruturas do Watford e do Manchester City, porém é no time alemão que atinge seu auge. Ele trocou o futebol inglês pela alemão em 2017, e duas temporadas depois entrou em campo 69 vezes na Bundesliga, contabilizando 27 gols e 33 assistências. O pequeno veloz também tem em seu currículo, 11 jogos com a camisa da Seleção Inglesa. E de onde vem esse sucesso?

De fato, o Borussia Dortmund é um dos fatores que dão suporte para o talento do english boy, pois o estilo de jogo do time facilita o entrosamento de pontas velozes, habilidosos, que exalam arrancadas nos contragolpes aurinegros. Isso também acontece com o cometa Erling Haaland e o marroquino Achraf Hakimi — e os três estão em destaque no entre os garotos europeus de até 21 anos.

Drible curto e bola próxima aos pés

Esta é, sem dúvida, a característica mais acentuada de Jadon Sancho. Toda vez que ele pega na bola na intermediária de defesa, os torcedores da muralha amarela se levantam e esperam alguma arrancada em contra-ataque visando a baliza adversária. Tal qualidade é muito bem vista na vitória do Dortmund por 4 a 0 sobre o Bayer Leverkusen, pela 31ª rodada da Bundesliga 2017-18.

A primeira assistência para Max Philipp foi magnífica: o inglês fez um domínio perfeito e já arrancou em direção ao gol, logo depois achou seu companheiro pelo meio com uma boa precisão de passe e visão de jogo.

Xavi Hernández, ídolo do Barcelona, disse recentemente numa entrevista a um jornal espanhol que seu antigo clube catalão precisa de jogadores rápidos e astutos, citando Sancho e Serge Gnabry, atacante do Bayern de Munique. Isso se dá pela poder de explosão física que tem o garoto inglês do BVB. E se olharmos para o rival do aurinegro, veremos características parecidas com as de Sancho nos pés de Franck Ribéry e de Arjen Robben. Alguém lembra desses dois pontas do Gigante da Baviera?

Na vitória do BVB sobre o Bayern na Supertaça Alemã 2019, o ritmo acelerante do garoto pode ser visto a toda velocidade. Sancho marcou o segundo dos dois gols do Dortmund no triunfo por 2 a 0.

Tomada de decisão e visão de jogo

A qualidade de Sancho vai além da velocidade, pois ele também possui uma tomada de decisão invejável. E quando é acrescentada a visão de jogo a um jogador desse porte, só coisas boas o esperam. Mas vamos parar para perguntar: quando foi a primeira grande decisão do "Super-Sancho"?

Essa pergunta pode até ser cercada certeza: trocar o Manchester City pelo Borussia Dortmund! Enquanto seu ex-parceiro de época citizen Phil Foden completava 32 atuações com o time de Pep Guardiola, Sancho tem 69 aparições, com apenas 20 anos.

Dentro das quatro linhas, o inglês do BVB demonstra uma bela leitura de jogo. Em diversos momentos, principalmente quando seu time se via pressionado pelo adversário, Sancho aparece solitário nos flancos ofensivos aurinegros. Logo, sua capacidade de tomada de decisão o deixa sóbrio para driblar corretamente os zagueiros e guiar a jogada com o espaço-tempo de seus companheiros o alcançarem rumo à grande área de ataque.

Na atual edição da Bundesliga, Sancho já demonstrou sua visão de jogo ao ser um assistente nato para seus parceiros movimentarem o placar. Assim, 11 aurinegros diferentes comemoraram gols provindos de passes do inglês: Paco Alcácer, Marco Reus, Thorgan Hazard, Nico Schulz, Julian Brandt, Haaland, Raphael Guerreiro, Axel Witsel, Mats Hummels e Zagadou — e essa contagem seria ainda maior se suas nove grandes chances criadas fossem convertidas.

Franco definidor

"Quero marcar gols, essa é uma das minhas principais metas também, fazer gols. Estou apenas trabalhando para a equipe e é isso que eu quero", disse Sancho ao bundesliga.com.

O jovem do BVB carece de apenas 3,3 chutes para balançar as redes uma vez. Ele arremata cedo quando dentro da área para pegar o goleiro adversário desprevenido, mas se o chute não tiver garantia de perigo, ele prefere começar a jogada novamente, enganar, ajudar, driblar, criar espaço, aguardar a próxima chance aparecer.

Apenas Haaland, do próprio Dortmund, e Lars Stindl, do Borussia Mönchengladbach, precisaram de menos chutes por gol nesta temporada, mas ambos são atacantes de área, centrais. Eles também disputaram oito e 26 jogos, respectivamente, neste trmpo, o primeiro vindo do Red Bull Salzburg a Dortmund só em janeiro de 2020, e o último precisando superar uma lesão grave na canela.

Dedicação e adaptação rápida

A avó de Sancho faleceu pouco antes do Revierderby, clássico contra o Schalke 04, de 2018. Ele ganhou merecidas folgas, porém não quis desfrutá-las. Logo, com 18 anos, o ainda mais garoto voltou de Londres e entrou em campo. Para coroar sua decisão e amenizar sua dor momentânea, foi dele o gol da vitória por 2 a 1. Ali, se via na Alemanha o instinto de dedicação.

"O objetivo significa tudo para minha família. Infelizmente, minha avó faleceu, então esse era o objetivo dela: me ver feliz. Estou feliz por ter conseguido o gol e ter ajudado o time a conseguir três pontos", contou Sancho na saída daquele jogo.

Como relata alguns veículos da imprensa alemã, Sancho é um dos mais entusiasmados do BVB, pois chega cedo aos treinos e faz treinos de condução de bola com uma frequência maior que seus companheiros. Isso também se via na época do Manchester City, que, aliás, não foi nenhum problema trocar o futebol inglês pelo futebol alemão.

Dessa forma, o futebol alemão pode bater no peito e dizer que corrobora para a acensão de Jadon Sancho, um jovem de 20 anos que aparece cada vez mais como peça insubstituível no elenco do Borussia Dortmund. Sem contar que é figura carregada de expectativas também na Seleção Inglesa.

Em breve, mais informações sobre Jadon Sancho.