Confira as principais estatísticas do primeiro turno da Bundesliga
Bola oficial e a Salva de Prata, o título da Bundesliga (Foto: paskal26)

O primeiro turno da Bundesliga trouxe surpreendentes campanhas, como a do Borussia Mönchengladbach e Augsburg, e campanhas desastrosas, como de Borussia Dortmund e Eintracht Frankfurt. Também trouxe a confirmação da espetacular torcida alemã. Tudo isso veremos em números.

São estatísticas que compõem um jogo de futebol, um campeonato, e focaremos nessas: torcida, eficiência nas finalizações, minutos que os clubes costumam marcar e sofrer gols, posições dos jogadores que participam dos gols tanto direto quanto indiretamente, os que mais sofrem e mais cometem pênaltis e o troféu fair play.

Apoio nas arquibancadas existe

Com os estádios sempre lotados, os clubes alemães corresponderam às espectativas, com poucos jogos ruins e com gol em quase todos eles, os torcedores se agradaram muito. Óbvio que os torcedores do Bayern de Munique comemoraram muito mais que os outros, assim como os torcedores do Nuremberg não ficaram tão feliz quanto os outros.

Surpresa mesmo foi a torcida do Braunschweig que, mesmo com a péssima campanha e a última colocação no primeiro turno, sempre se manteve lá fazendo sua festa e nunca vaiando o clube. Afinal, depois de muito tempo fora da Bundesliga, eles têm muito a comemorar mesmo.

Mesmo iniciando bem a temporada, após muitas contusões, o Borussia Dortmund caiu de produção, mesmo com essa má campanha no final do primeiro turno, os torcedores jamais abandonaram o clube, e é por isso que eles ficaram com a maior média de torcida presente (80524 torcedores) , e a melhor média (99,9%) de ocupação no estádio. Enquanto isso, na capital, o Hertha continua sem achar uma solução para manter o estádio completamente ocupado, mas ao menos conseguiu aumentar sua média de público, se comparado a última temporada em que esteve na Bundesliga. Confira a tabela de ocupação e público nos estádios:

P Estádio Clube O MP PT C J
1 Signal-Iduna Park Borussia Dortmund 99,9% 80524 724715 80645 9
2 Allianz-Arena Bayern de Munique 99,8% 71015 639137 71137 9
3 Veltins-Arena Schalke 04 99,7% 61809 494472 61973 8
4 Mage Solar Freiburg 99,6% 23413 187300 24000 8
5 Borussia-Park Borussia M'gladbach 96,3% 52035 468312 54010 9
6 Weserstadion Werder Bremen 95,2% 40094 320752 42100 8
7 SGL-Arena Augsburg 94,2% 28865 230921 30660 8
8 Commerzbank Arena Eintracht Frankfurt 94% 48425 387400 51500 8
9 Volkswagen Arena Wolfsburg 94% 28188 225504 30000 8
10 BayArena Bayer 04 Leverkusen 92,1% 27829 250461 30210 9
11 Imtech Arena Hamburgo 90,8% 51775 414202 57000 8
12 Coface Arena Mainz 05 90,8% 30871 277843 34000 9
13 Rhein-Neckar Arena Hoffenheim 90,2% 27181 244633 30150 9
14 Eintracht-Stadion E. Braunschweig 88,8% 22682 204136 25540 9
15 HDI-Arena Hannover 96 87,2% 42711 384400 49000 9
16 Grundig-Stadion Nürnberg 77,2% 38608 308867 50000 8
17 Mercedes-Benz Stuttgart 76,3% 46116 322810 60449 7
18 Olympiastadion Hertha Berlin 70,5% 52352 471166 74244 9

P = Posição, O = Ocupação, MP = Média de Público, PT = Público Total, C = Capacidade, J = Jogos

Muita finalização, pouca eficiência

Na atual temporada, os clubes estão marcando muitos gols, mas estão perdendo muitos também. A criação está ótima, mas o encerramento da jogada não está tão eficiente. Menos de 20% dos chutes a gol estão sendo aproveitados.

Hoffenheim é o clube mais eficiente da competição com quase 23% das finalizações se transformando em gol. O Borussia Dortmund é o clube que tem mais chutes a gol (211) , mas apenas 18% deles entraram no gol. Bayern de Munique tem o melhor ataque da competição, que são 20,1% de suas finalizações (209).

As duas equipes na zona de rebaixamento (Eintracht Braunschweig e Nuremberg) são as que menos aproveitam as chances criadas. Se juntar as finalizações das duas equipes, a eficiência fica em menos de 10%, talvez isso explique o por que da má campanha. Confira na tabela abaixo a eficiência de cada equipe no primeiro turno:

P Clube G TC E CG CF
1 Hoffenheim 36 157 22,9% 69 88
2 Borussia M'gladbach 35 158 22,2% 85 73
3 Schalke 04 32 152 21,1% 74 78
4 Stuttgart 29 140 20,7% 64 76
5 Hertha Berlin 27 131 20,6% 59 72
6 Bayern de Munique 42 209 20,1% 100 109
7 Borussia Dortmund 38 211 18% 104 107
8 Werder Bremen 22 123 17,9% 65 58
9 Bayer Leverkusen 32 182 17,6% 89 93
10 Hamburgo 33 191 17,3% 80 111
11 Mainz 25 154 16,2% 77 77
12 Wolfsburg 28 188 14,9% 93 95
13 Freiburg 16 117 13,7% 62 55
14 Eintracht Frankfurt 20 155 12,9% 77 78
15 Augsburg 21 166 12,7% 96 70
16 Hannover 96 23 195 11,8% 111 84
17 Nürnberg 17 158 10,8% 70 88
18 Eintracht Braunschweig 10 132 7,6% 78 54

G = Gols, TC = Total de Chutes, E = Eficiência, CG = Chutes no Gol, CF = Chutes para Fora

Cada um tem seu tempo

Cada clube tem seu estilo de jogo, e, obviamente, tem seu momento na partida. Separando por 15 minutos cada momento, descobrimos quando cada clube da Bundesliga é forte, e quando eles têm mais dificuldades para marcar seus gols.

Stuttgart é o clube que mais marcou gols nos primeiros 15 minutos, foram oito. Hoffenheim com 6, Mainz e Eintracht Frankfurt cinco gols, vem logo atrás. O lanterna do campeonato, Eintracht Braunschweig, é o único clube a não marcar gols nos primeiros 15 minutos de partida. Já foram marcados 54 gols nos primeiros 15 minutos dos jogos da Bundesliga.

Entre os 16 e 30 minutos do primeiro tempo já foram marcados 85 gols. O Bayer Leverkusen é o goleador com dez gols marcados. Na cola da equipe do Reno estão Hamburgo e Augsburg com oito gols cada. Wolfsburg e Eintracht Frankfurt foram os únicos a não marcarem gols nesse período do jogo.

As equipes costumam ficar vivas no finalzinho do primeiro tempo, entre 31 e 45 minutos elas marcaram 73 gols. Wolfsburg, com oito gols, é o clube que mais adora esse período. Seguido de Bayern de Munique, Werder Bremen e Eintracht Frankfurt. Enquanto isso, Eintracht Braunschweig mais uma vez não consegue marcar gols em um certo período do jogo.

Os acréscimos do primeiro tempo é onde as equipes têm mais dificuldades para marcar seus gols. Apenas Borussia Dortmund com dois gols, Hamburgo, Borussia M'gladbach, Bayer Leverkusen, Schalke 04, Wolfsburg e Werder Bremen com um gol conseguiram marcar nesse período.

Em compensação, nos primeiros 15 minutos do 2° tempo, as equipes voltam com força total, são 82 gols marcados. O Hoffenheim é o principal clube a marcar nesse período, são oito. Seguido de Bayern de Munique e Hamburgo com sete. Nesse período do jogo o Werder Bremen ainda está sonolento, e marcou apenas 1 gol.

São 88 gols marcados entre os 16 e 30 minutos do segundo tempo, é o período onde mais as partidas se movimentam. O Borussia M'gladbach é autor de 12 desses 88 gols. Seguido, de perto, do Borussia Dortmund que tem dez. Stuttgart, Hannover e Eintracht Braunschweig marcaram apenas um gol nesse período.

Os minutos finais reservam muitas surpresas também, é aquele momento em que o jogo fica mais aberto e que os clubes procuram mais o resultado, 80 gols marcados nesse período mostram como é um dos momentos mais importantes da partida. Bayern de Munique e Borussia Dortmund são os clubes que mais decidem no final do jogo, são sete gols para cada. Schalke 04 vem logo atrás com seis. Eintracht Frankfurt é o único clube que não consegue decidir seus jogos no final da partida.

Nos acréscimos do segundo tempo, o Schalke 04 costuma decidir os jogos também, e já marcou três gols. A metade dos clubes que disputam a Bundesliga ainda não conseguiram decidir seus jogos, ou apenas marcar um gol de honra nos acréscimos da segunda etapa.

Este não é o momento

Assim como os clubes têm seus momentos que conseguem atacar com mais eficiência, eles também têm aqueles momentos de fraqueza, onde falta atenção e acabam levando gols.

O momento inicial da partida é quando as defesas têm mais atenção, isso por que os clubes, normalmente, ficam se estudando, e assim não dão muito trabalho aos defensores. Werder Bremen, Hoffenheim, Eintracht Frankfurt e Freiburg foram os clubes que mais sofreram gols nos 15 minutos iniciais, cinco cada. Já o Bayer Leverkusen foi o único clube a não sofrer gols no início da partida.

O momento em que mais sai gol no primeiro tempo dos jogos da Bundesliga é entre os 16 e 30 minutos, são 85. Desses, oito foram em cima do Eintracht Braunschweig. Schalke, Werder Bremen e Hoffenheim vem logo em seguida com sete sofridos cada. O Bayern de Munique ainda não sofreu gols nesse período do jogo.

Dos 31 aos 45 minutos, todos os clubes sofreram gols, é aquele momento do primeiro tempo em que todos querem ir para o intervalo vencendo, com isso os espaços na defesa aumentam. Augsburg, Stuttgart e Hannover foram os que mais sofreram gols durante esse momento da partida, sete cada. Enquanto isso, o Schalke sofreu apenas um.

Nos acréscimos do primeiro tempo, apenas Wolfsburg, Hertha Berlin, Schalke, Mainz, Hoffenheim, Hamburgo, Eintracht Frankfurt e Freiburg sofreram gols, um cada.

Os clubes voltam para segunda etapa agitados, e determinados a mudarem o resultado do jogo, fazendo com que os gols saiam normalmente. Com nove gols sofridos nos 15 minutos iniciais do 2° tempo, o Hoffenheim fica à frente do Werder Bremen, com sete. O Bayern de Munique, em contrapartida, sofreu apenas um gol.

Entre 16 e 30 minutos da segunda etapa, os clubes abrem as porteiras, assim deixando esse momento da partida ser o mais interessante. Com 88 gols saindo nesse período, Hamburgo e Nuremberg são os que mais sofrem gols, dez cada. O Bayern de Munique, que costuma marcar muitos gols nesse período, não sofreu nenhum ainda.

Os 15 minutos finais com certeza é o momento mais importante dos jogos, onde o resultado de um jogo pode mudar significativamente, pois quem está perdendo, normalmente faz mudanças malucas, só para sair com um bom resultado da partida. Nesse período todos os clubes sofreram gols, Mainz e Nuremberg sofreram oito cada, seguidos pelos Eintracht Frankfurt e Braunschweig com sete gols sofridos cada. O Schalke é o que menos sofre gols, sofreu apenas um.

Enquanto o Hamburgo sofreu três gols nos acréscimos finais, clubes como Bayern de Munique, Bayer Leverkusen, Borussia Dortmund, Borussia M'gladbach, Stuttgart, Hannover e Eintracht Frankfurt ainda não sofreram nenhum.

As posições que mais saem os gols

Separando os defensores (goleiros/zagueiros/laterais), os meias (volantes, centrais, armadores) e os atacantes (centroavantes/pontas) percebemos quais as posições que mais participam dos gols. 

Os defensores já marcaram 47 gols e deram 87 assistências. Borussia M'gladbach e Wolfsburg foram os que mais se aproveitaram dos gols de seus defensores, cada um com cinco. Bayern de Munique, Schalke e Mainz foram os que mais se aproveitaram das assistências de seus defensores, cada um com nove. Bayer Leverkusen e Mainz foram os únicos clubes que ainda não tiveram defensores marcando gol, enquanto o Hannover é o único clube que ainda não teve defensor contribuindo com assistência.

Os meio campistas são os que mais participam dos gols, são 201 marcados pelos meio campistas, e 239 assistências dadas por eles. O Bayern de Munique com 27 gols e 30 assistências é o que tem os números mais expressivos. Eintracht Braunschweig com quatro gols e Eintracht Frankfurt com seis assistências são os que têm o meio campo mais fraco.

Com 226 gols marcados, obviamente os atacantes seriam os artilheiros da Bundesliga. O que surpreende é o bom número de assistência dada por eles: 93. Bayer Leverkusen com 25 gols e 13 assistências é o que mais se aproveita de qualidade no ataque. Já em Braunschweig, apenas cinco gols marcados pelos comandantes do ataque, e em Munique, ainda não ocorreu nenhuma assistência de seus atacantes.

Pênaltis: Sofridos e Cometidos

Foram 53 pênaltis marcados no primeiro turno, sendo que 45 foram convertidos e oito desperdiçados, que fica uma média de 84,9% de eficiência. Freiburg sofreu apenas um pênalti, o qual não foi convertido. Bayern de Munique sofreu cinco, converteu três, e ficou com uma média de 60%. Borussia Dortmund foi o mais eficiente, isso por que sofreu 6 pênaltis e converteu os 6. Outros clubes também mantiveram os 100% de aproveitamento nas cobranças de pênaltis, mas todos bateram uma quantidade menor que a equipe de Dortmund. Confira as tabela:

RECEBIDO:

Clube A J PS PC
Borussia Dortmund 100% 17 6 6
Borussia M'gladbach 100% 17 4 4
Hertha Berlin 100% 17 3 3
Hannover 100% 17 3 3
Wolfsburg 100% 17 2 2
Mainz 100% 17 2 2
Augsburg 100% 17 2 2
Hamburgo 100% 17 2 2
Eintracht Braunschweig 100% 17 1 1
Bayer Leverkusen 100% 17 1 1
Hoffenheim 85,7% 17 7 6
Schalke 04 83,3% 17 6 1
Stuttgart 66,7% 16 3 2
Werder Bremen 66,7% 17 3 2
Bayern de Munique 60% 16 5 3
Eintracht Frankfurt 50% 17 2 1
Freiburg 0% 17 1 0
Nürnberg 0 17 0 0

A = Aproveitamento, J = Jogos, PS = Pênaltis sofridos, PC = Pênaltis convertidos

COMETIDOS:

Clube A J PC PD
Eintracht Frankfurt 100% 17 2 2
Bayer Leverkusen 75% 17 4 3
Borussia Dortmund 33,3% 17 3 1
Nürnberg 33,3% 17 3 1
Borussia M'gladbach 25% 17 4 1
Hamburgo 0% 17 1 0
Stuttgart 0% 16 1 0
Mainz 0% 17 3 0
Hertha Berlin 0% 17 3 0
Eintracht Braunschweig 0% 17 3 0
Freiburg 0% 17 3 0
Werder Bremen 0% 17 4 0
Hoffenheim 0% 17 4 0
Schalke 04 0% 17 4 0
Hannover 96 0% 17 5 0
Augsburg 0% 17 6 0
Wolfsburg 0 17 0 0
Bayern de Munique 0 16 0 0

A = Aproveitamento, J = Jogos, PC = Pênaltis cometidos, PD = Pênaltis defendidos/desperdiçados pelo adversário

Troféu Fair Play

O troféu fair play é um símbolo para os clubes mais disciplinados da competição, clubes que cometem poucas faltas e, consequentemente, recebem poucos cartões. O primeiro turno foi movimentadíssimo, onde ocorreu 4609 infrações, que foram punidas com 692 cartões, sendo 558 amarelos, 16 vermelhos e 18 amarelos seguido de vermelho (dois cartões amarelos = expulsão).

As regras são simples: 1 cartão amarelo = 1 ponto, 2 cartões amarelos seguido de um vermelho = 3 pontos e 1 vermelho = 5 pontos

P Clube J F A A+V V Pt
1 Bayern de Munique 16 189 21 0 0 21
2 Borussia Dortmund 17 222 20 1 1 28
3 Borussia M'gladbach 17 167 30 1 0 33
4 Schalke 04 17 272 22 2 1 33
5 Hamburgo 17 263 31 1 0 34
6 Hertha Berlin 17 294 35 0 0 35
7 Eintracht Braunschweig 17 258 29 2 0 35
8 Stuttgart 16 216 26 0 2 36
9 Nürnberg 17 233 34 1 0 37
10 Hoffenheim 17 319 35 0 1 40
11 Augsburg 17 257 36 0 1 41
12 Werder Bremen 17 282 36 0 1 41
13 Wolfsburg 17 270 27 3 1 41
14 Bayer Leverkusen 17 246 34 1 1 42
15 Eintracht Frankfurt 17 280 38 2 0 44
16 Freiburg 17 256 29 2 2 45
17 Mainz 17 263 32 0 3 47
18 Hannover 96 17 322 43 2 2 59

P = Posição, J = Jogos, A = Amarelo, A+V = 2 amarelos seguido de 1 vermelho, V = Vermelho, Pt = Pontos

Assim ficam as estatísticas dos clubes no primeiro turno da Bundesliga.

VAVEL Logo