Leonardo Jardim comemora classificação do Monaco às quartas de final da UCL

Após 11 anos, o Monaco voltará a disputar as quartas de final da Uefa Champions League. A classificação foi suada e sofrida. O time do principado foi derrotado pelo Arsenal por 2 a 0, mas graças aos gols marcados fora de casa asseguraram a ida para a próxima fase. Os minutos finais da partida foram tensos, para os torcedores monegascos que lotaram o Stade Louis II. No fim, mesmo com o revés, os jogadores comemoraram muito.

O técnico Leonardo Jardim, fez sua análise da partida. Mesmo sofrendo dois gols e passando sufoco no fim, ele achou que a classificação foi merecida: “Foi um jogo muito intenso, tal como esperávamos. O Arsenal aproveitou dois erros para marcar. Na minha opinião, a nossa qualificação é totalmente merecida.

O português relembrou que o Monaco não era cotado como um dos favoritos a ir tão longe nesta edição da Champions League. Ele elogiou o grupo: “Nós somos a única equipe que jogou as oitavas de final que não era previsto que estivesse nesta fase. Penso que é uma conquista do grupo e acaba por ser um prêmio para os jogadores.

Esta é a primeira vez que jogarei as quartas de final da Liga dos Campeões. No início da competição ninguém acreditava em nós, nem na França ou mesmo em Monaco. Depois de conseguirmos passar de fase toda a comunicação foi no sentido de valorizar o Arsenal e eu penso que depois do que conseguimos, os meus jogadores é que devem ser valorizados porque demonstraram que são capazes”, disse Jardim.

Sobre o sorteio desta sexta-feira (20), o treinador falou que seu time é vista como o adversário preferido dos outros concorrentes: “Todas as equipes vão querer encarar o Monaco nas quartas de final. Espero que os torcedores estejam presentes com a equipe no próximo desafio.

Na partida de ida, o técnico Arsene Wenger não cumprimentou o companheiro de profissão. Nesta terça-feira, Leonardo Jardim repetiu o feito do francês: “Queria cumprimentá-lo na primeira mão, mas ele não esperou. Hoje respondi da mesma forma. Acho que foi uma falta de respeito da sua parte não me ter cumprimentado e se hoje estamos aqui a festejar foi também porque o Arsenal não nos respeitou no jogo de Londres.

No domingo (22), os monegascos enfrentam o Stade de Reims, fora de casa, em jogo válido pela 30ª rodada da Ligue 1. O clube está na quarta colocação, com 50 pontos.

VAVEL Logo