Equipes da Bundesliga receberão 850 milhões de euros em direitos de TV
Atual campeão nacional, Bayern de Munique receberá cerca de R$ 140 milhões (Foto: Divulgação/Bayern)

Nesta semana, a DFL divulgou as cotas que a TV vai distribuir aos clubes da Bundesliga para a temporada 2015/16, que está próxima de se iniciar. O valor da quantia gira em torno de 850 milhões de euros, cerca de R$ 2,9 bilhões, pagas às equipes que disputam primeira e segunda divisões. O total inclui os principais patrocinadores, que incluem a Sky, emissora de TV responsável pela transmissão do campeonato, a Hermes e a Adidas, fornecedora do material esportivo.

A divisão é equilibrada, sendo bem distribuída, uma vez que a diferença do primeiro colocado ao lanterna é de 50%, com o sistema bem elogiado por toda a Europa. Em outras ligas, a distribuição é diferente, a exemplo da Premier League. Na Inglaterra, times de nível mediano recebem acima do campeão alemão, além da disparidade entre os clubes.

O atual campeão Bayern de Munique receberá 40 milhões de euros, aproximadamente R$ 140 milhões, enquanto o Darmstadt, recém-promovido à elite, embolsará 20 milhões de euros, em torno de R$ 70 milhões. Na 2.Bundesliga, o Freiburg - voltando a disputar após seis anos - arrecadará cerca de 11 milhões de euros ou R$ 41 milhões. O Arminia Bielefeld, que conquistou a 3. Liga, acumulará 5,2 milhões de euros nos cofres, aproximados R$ 18 milhões.

A Bundesliga é a terceira liga mais assistida no mundo, sendo reproduzida em 200 países. No Brasil, o público acompanha frequentemente o certame da maior média de pagantes entre os principais. Na primeira divisão, foram contabilizados 43.526 torcedores por jogo, já na segunda foram aproximadamente 17.662. As equipes da elite tem uma taxa de ocupação nos estádios acima dos 95%, com o Borussia Dortmund se destacando ao levar em torno de 80 mil pessoas por partida, enquanto a mais baixa foi do Hertha Berlin, colocando 50 mil por partida ou 67% do total.

Veja abaixo a divisão de cotas de TV (em euros) dos clubes da Bundesliga

1. Bayern de Munique - 40.379.600

2. Borussia Dortmund - 39.335.200

3. Bayer Leverkusen - 38.291.000

4. Schalke 04 - 37.246.700

5. Borussia Mönchengladbach - 36.202.400

6. Wolfsburg - 35.158.100

7. Augsburg - 33.591.650

7. Hannover - 33.591.650

9. Mainz 05 - 32.025.200

10. Hoffenheim - 30.911.280

11. Werder Bremen - 29.727.740

12. Eintracht Frankfurt - 28.474.580

13. Stuttgart - 27.151.800

14. Hamburgo - 25.759.400

15. Hertha Berlin - 24.367.000

16. Colônia - 22.974.600

17. Ingolstadt - 21.582.200

18. Darmstadt - 20.189.800

Veja quanto os clubes da 2. Bundesliga vão receber (em euros) em direitos de TV

1. Freiburg - 11.765.780

2. Nuremberg - 11.069.580

3. Kaiserslautern - 10.443.000

4. Paderborn - 9.886.040

5. Eintracht Braunschweig - 9.329.080

6. Fortuna Düsseldorf - 8.841.740

7. Greuther Fürth - 8.354.400

8. Union Berlin - 7.867.060

9. Karlsruher - 7.449.340

10. St. Pauli - 7.031.620

11. Munique 1860 - 6.683.520

12. FSV Frankfurt - 6.405.040

13. Bochum - 6.196.180

14. RB Leipzig - 5.987.320

15. Sandhausen - 5.778.460

16. Heidenheim - 5.569.600

17. Duisburg - 5.360.740

18. Arminia Bielefeld - 5.221.500

Receitas internacionais (valores em euros):

1. Bayern de Munique - 31.513.462

2. Schalke 04 - 22.768.269

3. Borussia Dortmund - 20.196.154

4. Bayer Leverkusen - 18.138.462

5. Hannover - 8.981.731

6. Stuttgart - 7.644.231

7. Borussia Mönchengladbach - 6.821.154

8. Wolfsburg - 5.792.308

9. Eintracht Frankfurt - 5.380.769

10. Werder Bremen - 3.351.923

11. Mainz 05 - 2.911.538

VAVEL Logo