Diego Costa rebate críticas: "Não me coloquem asas, não sou nenhum anjo dentro de campo"

Muito criticado na Inglaterra por seu estilo de jogo muito forte e, às vezes, agressivo, Diego Costa afirmou que não pensa em mudar seu estilo dentro de campo com a camisa dos Blues. Em entrevista à BBC, o atacante disse que não liga para as reclamações dos jogadores de outros times e afirmou que não é "nenhum anjo" dentro de campo.

"Acho que, se eu tô onde tô, se cheguei onde cheguei, foi por causa da minha forma de jogar. Não vou mudar por questão de opinião. Acho que ali em campo você se transforma, você não é a pessoa que você é fora dele", disse o atacante do Chelsea, em português.

Sobre as críticas que recebeu pelo atos hostis que cometeu em jogos passados pelo Chelsea, Diego rebateu elas: "Em campo eu vou lutar pelo meu time, vou fazer o meu melhor. Essas pessoas que criticam devem vestir a camisa pra jogar lá, pra ver se são a mesma pessoa dentro e fora do gramado".

Diego fala que o estilo agressivo, na verdade, é mais pela vontade de vencer: "Quando você entra em campo, você quer vencer. Eu faço de tudo para ganhar um jogo. Depois, quando acaba a partida, eu tenho minha família, meus amigos. Eu brinco, sou uma pessoa normal. Mas, dentro de campo, não me bote nenhuma asinha porque eu não sou nenhum anjo".

Perguntado sobre as oscilações do Chelsea na temporada, Diego garantiu que as derrotas não são resultado de alguma discussão no vestiário: "O clima no time é ótimo. Neste um ano em que estou aqui, não vi nenhuma discussão no vestiário".

Sobre José Mourinho, o atacante espanhol não poupou elogios: "O que me surpreendeu no Mourinho desde o início é sua afinidade com os jogadores. Todo mundo fala sobre a imagem dele, na beira do gramado, em como ele é sério, arrogante até. Mas ele realmente tem muita afinidade com os jogadores no vestiário, no dia a dia.", concluiu o atacante.

VAVEL Logo