Schürrle marca duas vezes, garante vitória do Wolfsburg e elimina CSKA na Liga dos Campeões

Na tarde desta quarta-feira, CSKA Moscou e Wolfsburg se enfrentaram pela quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. O placar final assinalou 2 a 0 para os alemães que, com o resultado, assumiram provisoriamente a liderança do Grupo B, com 9 pontos somados. Já os russos estacionaram nos 4 pontos e deram adeus a qualquer chance de classificação no torneio. André Schürrle marcou os dois gols do jogo, disputado na Arena Khimki, na gélida Moscou. 

O triunfo desta quarta foi o primeiro dos Lobos jogando longe de seus domínios na competição continental. Pelo certame, os comandados de Dieter Hecking voltam a campo somente no dia 8 de dezembro, quando recebem o Manchester United. Pela Bundesliga, o próximo compromisso da equipe é no domingo (29), dia em que enfrenta o Augsburg fora de casa.

Eliminados, os moscovitas ainda cumprem tabela na última rodada da fase de grupos. Também no dia 8 de dezembro, o time do treinador Leonid Slutsky vai até a Holanda, onde enfrenta o PSV Eindhoven. Já pelo Campeonato Russo, a equipe atua no próximo domingo, quando duela com o Anzhi Makhachkala.

Bas Dost foi o responsável pelas primeiras finalizações do jogo.  Aos 6 minutos, o holandês recebeu cruzamento pela direita, cabeceou mal e jogou pra fora, sem assustar o rival. No minuto seguinte, após boa troca de passes no campo de ataque, ele arriscou da intermediária  e mandou com perigo sobre a meta russa.

O CSKA só deu o primeiro chute a gol quando o relógio marcava 25 minutos. Milanov fez jogada individual pela direita e jogou na área. A zaga afastou mal e a bola sobrou nos pés de Dzagoev que, na entrada da área, fintou a defesa alemã e concluiu rasteiro rente à trave. Pouco depois, após rápida tabela em frente à área do Wolfsburg, Musa recebeu pela esquerda e acertou a rede pelo lado de fora.

Os mandantes voltaram com uma postura mais ofensiva para o segundo tempo. Logo aos 3 minutos, Dzagoev cobrou falta lateral com perigo e Benaglio afastou parcialmente com um soco. A sobra ficou com Milanov, que puxou  para a canhota e buscou a finalização no canto, mas parou na grande defesa do goleiro suíço, que mandou para escanteio. Aos 16, o time do técnico Leonid Slutsky parou no poste. Na entrada da área, Dzagoev ajeitou de calcanhar para Tosic, que bateu colocado e tirou Benaglio do lance. O chute, no entanto, explodiu na trave, e o placar seguiu fechado.

Aos 22 minutos, os Lobos, apesar da inferiodade na etapa final, mostraram eficiência. André Schürrle, que recém havia ingressado na partida, foi lançado na área moscovita. O atacante chutou cruzado e contou com a colaboração de Akinfeev, que não segurou a conclusão do alemão e desviou a bola contra o próprio patrimônio.

Quando os mandantes esboçavam uma pressão nos minutos derradeiros, o autor do único gol do duelo até então entrou novamente em cena e pôs fim a qualquer esperança dos russos. Aos 42 minutos, Jung se livrou de três marcadores pela direita e cruzou rasteiro na área. Schürrle pegou de primeira e colocou no contrapé de Akinfeev, que desviou sutilmente com o pé na pelota antes dela morrer no fundo das redes.

VAVEL Logo