Autora do gol do título, goleira Bouhaddi rejeita rótulo de heroína do Lyon e enaltece grupo

A tríplice coroa está completa. A Europa é do OL pela quarta vez na história. Nesta quinta-feira (1º), a equipe feminina do Lyon bateu o rival Paris Saint-Germain nos pênaltis e faturou a Uefa Women’s Champions League 2016/17. Após 0 a 0 no tempo normal, a vitória veio por 7 a 6 na marca da cal. Bouhaddi foi a grande destaque das penalidades, garantindo a taça mais uma vez.

+ Após tempo normal zerado, Lyon vence PSG nos pênaltis e conquista tetra da Champions Feminina

Campeãs da primeira divisão francesa, o OL já havia derrotado o Paris na final da Copa da França de Futebol Feminino, também por 7 a 6 nas disputas de pênalti (empate por 1 a 1). É o quarto troféu na UWCL. O Lyon agora alcança o Frankfurt, como maiores vencedores da competição.

+ Após tetra da Champions Feminina, técnico Gérard Prêcheur celebra tríplice coroa pelo Lyon

Sarah Bouhaddi, a goleira de 1,75m, concedeu rápida entrevista na zona mista e muito feliz com o título falou sobre os momentos que antecederam as cobranças de pênalti. Vale lembrar que a camisa 16 parou o chute de Geyoro logo no início da série: “As jogadoras me perguntaram se que queria bater um pênalti, então eu pensei e fui lá, marquei.

Estou feliz por ter marcado esta noite, mas na verdade não importa. A coisa mais importante foi a vitória da equipe. Durante toda a partida, ninguém desistiu. Isso fez diferença no final. Não há nenhuma heroína, foi a equipe que jogou um grande jogo”, revelou a goleira.

Aos 32 minutos, Bouhaddi fez ótima defesa após chute da capitã Cruz, do PSG. A volante chegou na cara do gol e bateu colocado, mas a goleira salvou no canto esquerdo. Na cobrança de Kiedrzynek, a camisa 16 estava na bola e facilmente defenderia se a bola fosse à direção da meta.

No Lyon desde 2009, a goleira já venceu o Campeonato Francês sete vezes. Agora levanta a quarta taça da Champions.

VAVEL Logo