Pouco criativa, Seleção Francesa empata sem gols com Luxemburgo pelas Eliminatórias

Querendo manter a liderança do Grupo A, a França recebeu Luxemburgo no Estádio Municipal de Toulouse, em partida válida pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo 2018. Apesar do domínio da posse de bola, o time da casa não conseguiu colocar a bola na rede adversária.

É necessário reconhecer o esforço do time visitante, que foi sólido na defesa e em diversos momentos contou com grande atuação de seu goleiro Joubert. A França lidera o Grupo A com 17 pontos, a Suécia vem logo em seguida com 16. Luxemburgo subiu para a quinta colocação com cinco pontos. Dia 7 de outubro, os Bleus encaram a Bulgária, fora de casa.

Apesar de manter o seu 4-4-2 de sempre, o técnico Didier Deschamps foi a campo com uma alteração, a jovem estrela Mbappé foi titular no lugar de Comán, que apesar de não ter marcado no último jogo, havia tido grande atuação. Luxemburgo foi para campo num 4-5-1, no qual apenas Turpel ficava no ataque, enquanto todo o resto do time se defendia do jeito que podia no campo de defesa.

Mbappé e Pogba criam boas chances, mas França não marca

Assim como no jogo contra a Holanda, a França começou a partida tomando a iniciativa e dominando a posse de bola. A presença de Mbappé, um jogador que busca mais o gol que Comán, fez com que o time buscasse mais jogadas pelo meio, com profundidade, diferente do que era visto no jogo anterior, no qual a França criava suas principais jogadas pelas pontas, principalmente com jogadas de linha de fundo.

A primeira chance da França surgiu logo nos primeiros minutos numa falta perigosa sofrida por Pogba, que na cobrança mandou por cima do gol. Aos 11', após bela jogada, Mbappé deixa Griezmann sozinho para finalizar, porém o craque isolou, perdendo chance incrível de abrir o placar.

Com uma posse de bola momentânea de 72%, a França dominava as ações de ataque, Griezmann e, principalmente, Mbappé criavam ótimas oportunidades para a equipe francesa, até que em um cochilo de Umtiti, Luxemburgo consegue recuperar a bola no meio e puxar um contra-ataque que termina em finalização de Turpel, mas Lloris defende e manda para escanteio.

Rapidamente, os franceses respondem com um contra-ataque com Mbappé, que driblou os marcadores, entrou fácil dentro da área e finalizou rasteiro para boa defesa de Joubert. Em meia hora de jogo a França chegou à sua décima terceira finalização, Pogba quase marca um golaço em chute colocado, o meia do United se mostrava bem mais participativo que no jogo contra a Holanda.

Poucos minutos depois, Griezmann cobrou falta com efeito, o goleiro Joubert conseguiu desviar e a bola explodiu no travessão. Sem dar acréscimos no primeiro tempo, o juiz apita para um França 0 x 0 Luxemburgo. Apesar do placar, a seleção francesa dominou completamente o primeiro tempo.

França volta à proposta de jogo da partida contra a Holanda, mas é ineficaz contra a sólida defesa de Luxemburgo

Foto: Romain Perrocheau/Getty Images

A França começou o segundo tempo pressionando ainda mais que no primeiro tempo, mas diferentemente da proposta da primeira metade, o time buscou atacar mais pelas pontas como na partida anterior, Lemar e Mbappé (que se deslocou mais para a ponta) eram mais acionados e começaram a buscar mais a linha de fundo, provavelmente por uma orientação de Didier Deschamps em querer buscar mais bolas em Giroud.

Logo nos primeiros minutos, Griezmann mostrou que realmente não estava em um dia de sorte, após receber bola pela direita, o camisa 7 isola para fora, como no lance do primeiro tempo. Aos 14', o técnico Deschamps perdeu a paciência e fez duas alterações: Comán entrou no lugar de Mbappé, e Lacazette no de Giroud. Provavelmente, a alteração foi visando dar maior velocidade ao ataque do time, que estava começando a ter dificuldade em se infiltrar na grande área adversária. 

Apesar da imensa pressão que causava, a França não conseguia abrir o marcador, quando o goleiro Joubert não operava um milagre, como na cabeçada de Sidibé, o zagueiro Chris Phillips salvava a bola de cabeça em cima da linha em finalização de Lacazette.

Após várias oportunidades perdidas da França, aos 33' Luxemburgo tem sua maior oportunidade do jogo, Gerson Rodrigues puxou contra-ataque e deslocou Lloris na finalização, a bola incrivelmente vai na trave, e no rebote Turpel tem o chute bloqueado por Umtiti.

Um minuto depois, Pogba comete falta e recebe cartão amarelo, demonstrando todo o nervosismo que a seleção francesa sentia. Griezmann, que teve um péssimo dia, foi substituído por Fekir, que nada alterou no jogo. Mesmo com três minutos de acréscimo, a França não conseguiu colocar a bola dentro das redes. Fim de papo, 0 a 0 para França e Luxemburgo, num jogo de 31 finalizações para o time da casa e 3 para o visitante.

VAVEL Logo