Dérbi de Milão é remarcado para dia 4 de abril e gera revolta da torcida do Milan
Inter, do capitão Icardi, derrotou o Milan, do xerife Bonucci, por 3 a 2 no primeiro turno (Foto: Claudio Villa/FC Internazionale)

A Lega Serie A, entidade que administra a primeira divisão do futebol italiano, divulgou neste sábado (17) a data do dérbi entre Milan x Internazionale, válido pela 27ª rodada da Serie A. A partida, tradicionalmente conhecida como Derby della Madonnina, será realizada no dia 4 de abril, às 13h30 (horário de Brasília), no Estádio San Siro, com mando do Diavolo.

O clássico seria disputado no dia 3 de março, primeiro domingo de março, mas a morte do zagueiro Davide Astori, ex-capitão da Fiorentina, fez com que todos os jogos daquele dia na Serie A fossem adiados.

A data de remarcação das outras seis partidas já havia sido confirmada anteriormente pela Lega Serie A, mas a do dérbi de Milão dependia da eliminação do Milan na Uefa Europa League.

Como o time milanista perdeu os dois jogos das oitavas de final para o Arsenal e acabou deixando a competição europeia, a entidade optou remanejar o dérbi para o dia 4 de abril.

Os sete confrontos – Spal x Bologna, Lazio x Juventus e Napoli x Roma jogaram um dia antes à morte de Astori pela 27ª rodada – serão realizados mais cedo, de modo a não prejudicar os torcedores que pretendem assistir às partidas das quartas de final da Uefa Champions League.

Confira data e horário dos sete jogos da 27ª rodada da Serie A:

Terça-feira, 3 de abril
Atalanta x Sampdoria (13h30, horário de Brasília)
Genoa x Cagliari (13h30, horário de Brasília)
Udinese x Fiorentina (13h30, horário de Brasília)

Quarta-feira, 4 de abril
Benevento x Hellas Verona (12h, horário de Brasília)
Chievo x Sassuolo (13h30, horário de Brasília)
Torino x Crotone (13h30, horário de Brasília)
Milan x Internazionale (13h30, horário de Brasília)

Torcedores do Milan protestam

Após o Milan anunciar, no Facebook e no Twitter, a remarcação do Derby della Madonnina, boa parte da torcida milanista protestou. O motivo é a data que a Lega Serie A encontrou para encaixar a partida: uma quarta-feira, às 18h30 (de Roma), horário no qual muitas pessoas estão saindo do trabalho.

"Escolha ilógica, desrespeitosa e gravemente prejudicial do ponto de vista econômico e não para todos os torcedores e para o clube @acmilan. Vergonha!", escreveu @Mapa_nrgy, em resposta ao tuíte do Milan informando a remarcação do dérbi.

"Remarcar um dérbi às 18h30 de uma quarta-feira é para ir preso", protestou @ValeValuz, que completou: "Não sei se você trabalha em Roma e não tem ideia do trânsito que há em Milão... Mas um dérbi com 70 mil pessoas no estádio durante uma hora, as pessoas nunca chegarão a tempo. Os pobres que retornam do trabalho para a casa nunca conseguirão".

Segundo o repórter Antonio Vitiello, do portal MilanNews.it, o Milan queria que o jogo fosse remanejado para o dia 25 de abril, feriado na Itália em comemoração à libertação do país do domínio nazifascista. A ideia era justamente permitir que mais pessoas fossem ao San Siro para apoiar o time, mandante do duelo. Além disso, quatro dia antes de enfrentar a Inter, o Milan irá a Turim medir forças com a Juventus, atual líder da Serie A. No primeiro turno, a Inter venceu por 3 a 2, com direito a três gols do atacante Mauro Icardi.

VAVEL Logo