Cavani visa continuar 'história de amor' com PSG; Daniel Alves conquista 37º título na carreira
Mbappé e Cavani brilharam na vitória do PSG sobre o Monaco (Foto: Divulgação/Paris Saint-Germain)

O Paris Saint-Germain derrotou o Monaco neste sábado (31), no Estádio Stade Bordeaux-Atlantique, em Bordeuax, e conquistou seu oitavo título de Copa da Liga Francesa. Sem dificuldades, os parisienses fizeram 3 a 0 nos monegascos para ficarem com a taça. Os atacantes Edinson CavaniKylian Mbappé foram os destaques da partida. O uruguaio anotou dois gols, enquanto o francês deu duas assistências. Ángel Di María também deixou sua marca no confronto.

Logo aos oito minutos de jogo, o juiz da partida, Clément Turpin, assinalou um pênalti em cima de Mbappé com a ajuda do VAR (árbitro de vídeo). Cavani bateu firme e tirou o zero do placar. Aos 21', veio o segundo. Mbappé deu um lindo passe em diagonal, queimando a grama, para encontrar Di María livre na ponta esquerda. O argentino finalizou rasteiro e fez o segundo da equipe da capital.

Ainda no primeiro tempo, o VAR entrou em cena novamente. Falcao García diminuiu para o Monaco, mas estava em posição irregular. Portanto, gol anulado. Na etapa final, o PSG fez mais um para fechar o caixão do time do principado. Outra assistência de Mbappé, desta vez para Cavani, que gingou em cima de Jemerson e chutou cruzado.

Após a partida, o artilheiro uruguaio atendeu a imprensa francesa e expressou seu desejo de permanecer no clube. "Espero que a história de amor continue. De qualquer das formas, até ao último dia irei dar tudo, o máximo. Quero ficar, é normal, mas nem sempre é a intenção do jogador que manda. Vamos ver, mas espero ficar. Só que por vezes você não sabe o que pode acontecer", frisou o camisa 9, de 31 anos, que tem contrato com o clube francês até junho de 2020.

Devido à grande atuação, Mbappé foi eleito o melhor em campo. Ele ganhou um troféu (foto abaixo). Foi o primeiro título do jovem francês pelo PSG – idem a Neymar, que se recupera de uma cirurgia no pé direito e não pôde atuar.

Foto: Divulgação/Paris Saint-Germain
Mbappé com seu prêmio de melhor jogador em campo (Foto: Divulgação/Paris Saint-Germain)

Se a Copa da Liga Francesa foi o primeiro título de Mbappé e Neymar, o mesmo não pode se dizer do lateral-direito Daniel Alves. O brasileiro alcançou seu 37º troféu na carreira e se tornou o jogador com mais títulos na história do futebol.

VAVEL Logo