Herói, Manolas exalta postura da Roma: "Acreditamos desde o primeiro jogo"

'Salvador da pátria' contra o Barcelona, zagueiro grego comemora resultado histórico

Herói, Manolas exalta postura da Roma: "Acreditamos desde o primeiro jogo"
Manolas marcou o gol da classificação da Roma na semifinal da Liga (Foto: Catherine Ivil/Getty Images)

Pouca gente esperava uma possível classificação da Roma para as semifinais da Uefa Champions League, após o Barcelona ter sido sorteado como adversário. A esperança se tornou ainda menor após a derrota por 4 a 1, no jogo de ida, na Espanha. Mas, mesmo contra as possibilidades, o elenco giallorosso não deixou de acreditar e, graças a esta confiança, chega entre as quatro melhores equipes do continente, após 34 anos.

+ Histórico! Roma reverte placar da ida, goleia Barcelona e avança para semifinal da Champions League

Pelo menos é o que afirma o zagueiro Kostas Manolas. Para o grego, autor do gol da classificação, continuar acreditando foi essencial para que a equipe italiana não deixasse de buscar o histórico resultado. "Nós acreditamos desde o jogo de ida. Mesmo perdendo de 4 a 1, tendo dois pênaltis negados, vimos que a gente ainda estava na briga. Colocamos tudo o que tínhamos nesse jogo. Sabíamos que éramos capazes e mostramos nossa força", disse o defensor.

Mesmo tendo marcado o gol da classificação, aos 37 minutos do segundo tempo, o zagueiro grego rejeita o rótulo de ídolo: "Eu não me importo em entrar para a história. Me importa a Roma eliminar o maior time do mundo, o Barcelona, e chega nas semifinais da Champions".

Se as coisas vão muito bem na Liga dos Campeões, o mesmo não se pode dizer da Roma na Série A. A Loba tropeçou nos últimos dois jogos, contra Cagliari (1 a 1) e Fiorentina (0 a 2), e vê a rival Inter de Milão encostando na briga por vaga na maior competição europeia de clubes. Manolas fez questão de rechaçar qualquer tipo de interferência do momento instável na liga com a fase na Champions e afirmou que conta com o apoio da torcida giallorossa para seguir avançando.

"Estamos vindo de maus resultados, lidando com muito stress. Mas nós demos tudo o que temos e provamos que, com essa torcida ao nosso lado, somos imbatíveis. Precisamos dos nossos torcedores para nos apoiarem. Se eles estiverem aqui, lotando o estádio sempre, seremos um dos melhores time da Itália e da Europa", concluiu.