Fernando Santos evita polêmica com VAR e já pensa no Uruguai: "É uma equipe de muita qualidade"

Tão falado árbitro de vídeo agiu duas vezes contra Portugal no empate contra o Irã

Fernando Santos evita polêmica com VAR e já pensa no Uruguai: "É uma equipe de muita qualidade"
Divulgação: Getty Images

Portugal tomou um susto contra o Irã nesta segunda-feira (25). A seleção europeia quase foi eliminada e passou sufoco contra os asiáticos, que se despedem do torneio. Os lusos empataram em 1 a 1, com um golaço de Quaresma, que bateu de trivela, e ainda tiveram um pênalti desperdiçado por Cristiano Ronaldo.

O pênalti dos portugueses, aliás, só foi assinalado depois do juiz consultar o árbitro de vídeo. O famoso VAR, vem criando muita polêmica durante toda a Copa do Mundo e não foi diferente com os portugueses. O juiz consultou o árbitro de vídeo em duas situações contra os lusitanos: no pênalti para o Irã e no cartão amarelo para Cristiano Ronaldo – que poderia ser um vermelho. Apesar das reclamações, Fernando Santos evitou falar sobre o tema.

Não fiquei preocupado, me pareceu um lance normal. Acho que o árbitro fez aquilo que devia fazer, foi ao VAR três vezes. Considerou um cartão que, na minha opinião, eu não vi um erro. Acho que o VAR fez seu trabalho e temos que aceitar”, comentou.

O técnico também falou sobre a visível decepção do maior astro da equipe, Cristiano Ronaldo. O gajo não fez uma boa partida e ainda perdeu um pênalti, que poderia trazer mais tranquilidade para seus companheiros. Fernando Santos diz ser normal o abatimento com jogadores do nível dele.

É normal, os melhores jogadores do mundo têm isso. Quando as coisas não acontecem para eles doem muito mais do que com qualquer um dos outros. Eles querem ganhar sempre, sempre querem ser os melhores. Recusam a falhar e quando falham ficam muito chateados”, afirmou.

Garantido nas oitavas, o comandante português quer total foco no próximo adversário. O Uruguai. Fernando garante que vão estudar muito e se preparar para o confronto, que afirma ser muito difícil.

Agora temos que olhar para o adversário, estudá-lo bem e temos que encontrar a estratégia certa para ganhar o jogo. É pensarmos bem no jogo, olhar o adversário e nos preparar bem. Preparar mental e fisicamente. É uma equipe sul-americana de muita qualidade, com jogadores que jogam em campeonatos importantes, mas Portugal também tem suas armas e vai procurar jogar para vencer”, finalizou.