Pablo Machín critica a atuação da arbitragem contra o Sevilla: “Surpreendido e indignado"

Treinador do Sevilla ainda falou sobre a não utilização do VAR em lances cruciais da partida

Pablo Machín critica a atuação da arbitragem contra o Sevilla: “Surpreendido e indignado"
(Foto: Divulgação/Sevilla)

No dérbi da Andaluzia, disputado na tarde deste domingo (02), o Real Betis bateu o Sevilla por 1 a 0. Em partida emocionante, válida pela terceira rodada do Campeonato Espanhol, foi o time da casa que levou a melhor, com um gol marcado por Joaquín, que veio do banco para fazer a alegria da torcida bética que lotou o Estádio Benito Villamarín.

Em entrevista coletiva logo após a partida, Pablo Machín, treinador do Sevilla, se mostrou bastante irritado, principalmente com a atuação da arbitragem. Dentre os lances comentados, o técnico abordou a situação com o meia Roque Mesa, expulso na segunda etapa.

"Depois de ver o lance com Roque, estou muito surpreendido e indignado. A agressão do goleiro é muito clara e evidente. Ele deveria ter sido uma penalizado e até tomado um cartão vermelho, o que teria mudado completamente o jogo a nosso favor", falou.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Em seguida, ele ainda comentou sobre a não utilização do VAR (arbitro de vídeo), no polêmico lance:

"Tendo a tecnologia, como temos agora, essas coisas não podem acontecer. Eu não entendo o que eles poderiam ver “.

Machín, também falou sobre a postura da equipe adversária. Para ele, o Sevilla poderia ter saído com melhor resultado

"Eles dominaram em partes, mas não tiveram chances claras. Nós olhamos para o nosso jogo e imaginamos que poderíamos ter tido melhor resultado. A expulsão nos privou de ter ir mais longe nesses minutos-chave”, disse.

O comandante dos “Blanquirrojos”, ainda avaliou o desempenho de sua equipe:

"Acho que os jogadores deixaram tudo no gramado. Fomos pra cima mesmo jogando fora de casa, mas neste momento de temporada, um homem a menos custa muito mais do que poderíamos fazer”, concluiu.