Kramaric decide, e Hoffenheim ganha
de virada do Borussia Dortmund pela Bundesliga
Foto: Reprodução/Hoffenheim

A vitória por 2 a 1 do Hoffenheim em cima do Borussia Dortmund, na Rhein-Neckar-Arena, que abriu 17ª rodada da Bundesliga, possibilitou que os donos do triunfo saltassem para o sexto lugar da tabela e figurassem entre os classificados à Europa League — cenário que dependerá de outros resultados para permanecer —, enquanto o Dortmund perdeu a chance de encostar, ainda mais, na ponta.

Em confronto parelho na posse de bola e divisão de superioridade entre as etapas, os times se assemelharam, inclusive, no número de passes trocados — 551 contra 588.

Gotze abriu o placar na primeira etapa, quando Dortmund teve o domínio do jogo, mas o Hoffenheim retornou com outro comportamento e virou a partida — gols de Kaderabeck e Kramaric.

Chegadas aurinegra pela direita

O Dortmund envolveu o Hoffenheim a todo o momento e encontrou suas melhores oportunidades pela direita, com a velocidade de Hakimi e técnica de Hazard, enquanto o Hoffe pouco conseguia criar.

O primeiro bom lance do jogo foi aos 16’, justamente no gol que abriu o placar: na recuperação de Akanji, Hazard abriu na direita, recebeu, acionou Hakimi nas costas do marcador, que entregou para Gotze completar.

Os Aurinegros não diminuíam o ritmo. A melhor chance do Hoffenheim foi numa pedrada de Skov, com 25’, em lance de bola parada de longa distância, que foi à trave.

Com bola rolando, os mandantes não conseguiam produzir, e o Borussia permanecia apresentando perigo ao setor direito do campo. Aos 32’, Hakimi se deslocou bem e, na assistência de Brandt pela esquerda, chutou em cima de Baumann. Depois, aos 38’, Hazard aplicou uma linda finalização, forte, e goleiro realizou uma defesa de cinema, desviando com a ponta das luvas.

Mudança de postura do Hoffenheim

A etapa foi totalmente distinta da anterior. Isso porque o Dortmund deixou de ser efetivo em suas jogadas, e, na maioria das vezes, com Sancho, errava o último passe, neste que foi um jogo muito abaixo da qualidade do jovem craque. O Hoffe, por sua vez, passou a gostar mais da partida, usufruía de longos lançamentos, mas dava prosseguimento à deficiência de criar chances claras.

No início de jogo, 50’, Brandt até perdeu oportunidade incrível após boa jogada coletiva, no erro de saída de bola do Baumann. O alemão estava em posição adiantada, mas arbitragem não marcou. Lance seria revisado em caso de gol. A partir daí, o Hoffenheim reage e parte o ataque, na tentativa de empatar e, posteriormente, virar o jogo - feito conquistado.  

Numa atrapalhada da defesa aurinegra, 78’, ninguém conseguiu afastar a bola, e, em duas finalizações, a segunda vai para o fundo das redes, dos pés de Kaderabeck, que empatou. O jogo dava indícios de que o Hoffenheim viraria, o Dortmund, quando chegava, carecia de um centroavante para escorar a bola nas redes, já que obteve diversos passes que atravessava toda a área – Alcacer entrou apenas aos 83’.

O banho de água fria aconteceu aos 86’, em cruzamento vindo da esquerda de Adamyan, quando Kramaric cabeceou no canto e selou a vitória.

Pausa na Bundesliga

Os times, agora, só retornarão ao gramado no dia 18 de janeiro, pela próxima rodada do Campeonato Alemão, quando o Hoffenheim receberá o Frankfurt, às 11h30, e o Borussia Dortmund vai até a Baviera enfrentar o Augsburg, no mesmo horário.   

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo