No clássico da rodada, Roma e Internazionale colocam suas respectivas metas em jogo

Foto: Divulgação/Internazionale

Partida quente válida pela 34ª rodada do Campeonato Italiano. No domingo (19), a Roma recebe a Internazionale no Estádio Olímpico de Roma, às 16h45 (horário de Brasília). Os giallorossi estão em quinto na tabela com 57 pontos; já os nerazzurri somam 61 pontos e ocupam a terceira posição da Serie A.

No histórico do confronto, os visitantes levam a melhor: foram 84 vitórias da Inter de Milão, 58 da Roma e 56 empates em 198 encontros. A vantagem dos nerazzurri também está nos gols marcados: foram 315, uma média de 1,59 gol/jogo, contra 260 da Lupa, uma média de 1,31 gol/jogo. Nenhuma das duas equipes sai vitoriosa do confronto desde 2017; foram quatro empates desde então.

Roma aposta suas fichas e seca rivais

O desempenho recente da Roma a faz continuar sonhando com uma vaga na Uefa Champions League. O time da capital saiu com os três pontos nas últimas três partidas, tendo marcado sete gols. O risco de acordar, porém, é grande, já que uma derrota nesta rodada pode significar o fim das chances da Roma (57), caso a Lazio (69) some apenas mais um ponto. A Roma, por outro lado, precisa seguir vencendo, o problema é que os giallorossi não venceram nenhum dos sete primeiros colocados neste ano. A última derrota do clube foi justamente contra o Napoli (53), o sexto colocado da Serie A.

Para essa partida, o técnico Paulo Fonseca poderá contar novamente com o jovem Nicolò Zaniolo. O talentoso italiano voltou aos gramados contra o Napoli após cinco meses afastado. Já foram 72 minutos em campo desde a volta, com um gol marcado. Em coletiva de imprensa neste sábado (17), Paulo Fonseca comentou sobre o fato de sua equipe não ter vencido nenhum jogo contra os rivais do Top 4 nesta temporada.

"Penso que temos que avaliar cada jogo individualmente. As estatísticas podem apontar isso (que a Roma merece apenas a quinta colocação), mas a verdade é que tivemos bons desempenhos contra todos os quatro times", disse o treinador português.

Provável escalação: Pau López; Mancini, Ibañez e Kolarov; Bruno Peres, Veretout, Cristante e Spinazzola; Pellegrini e Mkhitaryan; Džeko.

Internazionale reencontra estabilidade e ainda sonha com Scudetto

A Internazionale vem de duas boas vitórias nas últimas rodadas: 3 a 1 contra o Torino e 4 a 0 contra a SPAL. Os resultados ajudaram os comandados de Antonio Conte a ganharem fôlego na nesta reta final de temporada, mas ainda não foram o suficiente para a torcida restabelecer a confiança no trabalho do técnico. Críticas a parte, a Inter (61) está a apenas seis pontos da líder Juventus (67), que joga na segunda contra a vice-líder Lazio (69). Uma vitória no domingo e uma combinação de resultados poderia deixar os nerazzurri com grandes chances de alcançar a Juve.

Se já ficou batido falar da dupla Lautaro Martínez e Lukaku (que ainda é dúvida para a partida), quem merece elogios no momento é o chileno Alexis Sánchez. O ponta, emprestado pelo Manchester United, parece ter reencontrado o bom futebol dos tempos de Arsenal. Foram oito participações em gols nos últimos oito jogos, com dois tentos assinalados e seis assistências. Em coletiva também neste sábado, Conte mostrou conhecimento das principais armas da rival.

"Eles mudaram a formatação tática um pouco, antes jogavam no 4-2-3-1, agora estão atuando com três jogadores na defesa e dois meia-atacantes atrás do Džeko, que tem sido a regência deles na frente. Eles também têm Mkhitaryan redescobrindo um futebol que apresentou em seus melhores momentos; Pellegrini também tem se destacado [...]. Eles são uma boa equipe com um bons jogadores", revelou técnico nerazzurri.

Provável escalação: Handanovič; Skriniar, de Vrij, Bastoni; Candreva, Barella, Brozović e Ashley Young; Borja Valero; Alexis Sánchez e Lautaro Martínez.

VAVEL Logo