Milan bate Sampdoria fora de casa e se isola na liderança da Serie A
Foto: Divulgação / Milan

O Milan visitou a Sampdoria neste domingo (6), no estádio Luigi Ferrareis, em Genoa, em confronto válido pela décima rodada do Campeonato Italiano. A vitória por 2 a 1 manteve os rossoneri na liderança da competição, agora com cinco pontos de vantagem para o segundo colocado. Os gols foram de Kessie e Castillejo; Ekdal descontou para os mandantes.

Ainda invicto no campeonato, o Milan foi até Genoa sem algumas de suas principais peças: Ibrahimovic, Kjaer, Bennacer e Rafael Leão não estavam à disposição de Stefan Pioli, que vem optando por escalar Rebic no ataque rossonero. Pelo lado da Sampdoria, que não vence há cinco jogos, as jogadas ofensivas eram comandadas por Gabbiadini e Quagliarella.

Superioridade rossonera e muitos erros no primeiro tempo

Jogando fora de casa, o Milan mostrou porque é o atual líder do campeonato italiano. Com 72% de posse de bola e oito finalizações ao gol, os rossoneri tiveram amplo domínio da primeira etapa. Porém, mesmo sendo superiores, o que marcou os 45 minutos iniciais foram os erros: a defesa da Sampdoria gerou três ocasiões perigosas para o Milan após bobear na defesa, mas os visitantes não conseguiram aproveitar nenhuma delas.

O gol só saiu no último lance, após Theo Hernandez ser derrubado na área e o juiz marcar pênalti. Kessie bateu firme e abriu o placar para o Milan. Pelo lado da Sampdoria, a melhor chance foi aos oito minutos, em cabeçada forte de Tonelli, que parou em ótima defesa de Donnaruma.

Mão dos treinadores nos gols da segunda etapa

Em desvantagem no placar, o técnico Ranieri fez mudanças na Sampdoria para ter mais atividade ofensiva e tentar buscar o empate. As entradas de Ekdal e Damsgaard movimentaram o time e deram mais equilíbrio ao jogo. Porém, a mudança mais eficaz veio do lado rossonero: Castillejo, que entrou aos 27 no lugar de Saelemaekers, fez o segundo do Milan aos 28, em seu primeiro toque na bola.

Com dois gols de vantagem no placar, o Milan descansou cedo demais e quase viu a Sampdoria empatar a partida. Aos 37, as mudanças de Ranieri fizeram efeito: Damsgaard cruzou e Ekdal chutou para diminuir para os donos da casa. Donnaruma até conseguiu defender, mas a tecnologia informou ao árbitro que a bola já havia ultrapassado a linha e o gol foi validado. Já nos acréscimos, Ekdal por pouco não empatou a partida, após cabeçada que passou caprichosamente ao lado da meta rossonera.

Classificação e próximos compromissos

Mais líder do que nunca, o Milan se isolou na primeira posição com 26 pontos, cinco à frente da segunda colocada Internazionale. Porém, o próximo compromisso é pela Europa League, na quinta (10), diante do Sparta Praga, fora de casa, às 17h.

Já a Sampdoria terá a semana livre para treinos e enfrentará o Napoli, também fora de casa, no próximo domingo (13), em jogo válido pela 11ª rodada. Agora há seis jogos sem vencer, a Samp estacionou na 12ª colocação e precisa começar a somar pontos para não ter grandes sustos com o decorrer da temporada.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo