Ex-Vasco, Edgar Bruno estará disponível para disputar a Liga dos Campeões da Ásia
(Foto: Divulgação)

Ídolo na Coréia do Sul, Edgar Bruno está em fase final de recuperação. O atleta, de 34 anos, sofreu uma lesão no tendão em setembro do ano passado. Agora, o brasileiro vive a expectativa de voltar a campo a tempo de disputar as Eliminatórias para a Liga dos Campeões da Ásia.

Apesar dos cinco meses fora, Edgar Bruno pôde participar de 16 partidas do Campeonato Sul-Coreano 2020, sendo responsável por marcar cinco gols e anotar três assistências. Após a lesão de Edgar, o Daegu FC venceu apenas dois dos sete jogos seguintes da K-League 1.

"Infelizmente, passei por essa lesão que nenhum jogador gosta de passar, mas a recuperação está sendo boa e o Daegu me deu toda a abertura de poder vir para o Brasil e fazer esse tratamento com excelentes profissionais. Com certeza será um ano para eu recuperar a minha confiança e voltar a fazer o meu trabalho, como sempre fiz. A equipe teve algumas mudanças mas sempre pensando em melhorar. Queremos fazer uma temporada melhor do que a passada."

O técnico Lee Byung-keun espera ter Edgar Bruno apto para formar a dupla de ataque com o também brasileiro Cesinha no dia 14 de abril, quando o Daegu enfrenta o Chiangrai United pelos Play-Offs da Liga dos Campeões da Ásia. Se avançar de fase, esta será a segunda participação do Daegu na fase de grupos da competição continental.

"O calendário acabou sendo muito bom comigo. A Liga dos Campeões é importante para o clube, país e, principalmente, para nós jogadores. Vamos fazer de tudo para conseguirmos a classificação para a fase de grupos."

Edgar Bruno está na Coréia do Sul desde 2018. Por lá, ajudou o Daegu a conquistar o título mais importante dos seus 14 anos de história: a Copa da Coréia do Sul de 2018. A conquista nacional deu ao clube a vaga para participar pela da Liga dos Campeões. Com isso, Edgar Bruno se consolidou como nome importante do clube e desenvolveu um carinho pela camisa do time sul-coreano.

"Tive a oportunidade de jogar em alguns outros países e sempre comento com amigos que nunca fui tão amado como estou sendo na Coreia do Sul. Eu e minha família somos muito felizes no país. Os coreanos e o Daegu FC tem um espaço bem reservado em nossos corações."

VAVEL Logo