Thomas Tuchel lamenta empate com Real Madrid e dispara contra calendário: "Sofremos nas últimas semanas"
Thomas Tuchel após Real Madrid 1 a 1 Chelsea (UEFA / Divulgação)

O Chelsea conseguiu um grande resultado nesta terça-feira (27). Jogando em pleno Alfredo di Stefano, a equipe londrina empatou com o Real Madrid por 1 a 1 em partida válida pelo jogo de ida da semifinal da UEFA Champions League 2020/2021. Apesar da partida, Thomas Tuchel, treinador dos Blues, lamentou o empate. Na visão dele, a equipe merecia algo melhor.

A postura do Chelsea, de acordo com Tuchel, foi elogiada, bem como a desatenção na bola parada, que gerou o gol de empate, idem. "Começamos o jogo muito, muito bem, com muito agressividade, com muita qualidade. Merecemos ganhar o primeira tempo, pois tivemos muitas oportunidades, muitas meias chances em que perdemos a precisão, com a última bola, para ter mais oportunidades para marcar. Infelizmente eles marcaram em uma bola parada e não havia mais nada para defendermos, não permitimos quaisquer oportunidades. Foi um resultado decepcionante ao intervalo e importante para nós ficarmos calmos e não perdermos a confiança. A velocidade e a intensidade diminuíram e deu para sentir que estávamos um pouco cansados no segundo tempo", completou o treinador.

Na posse de bola, as equipes ficaram rigorosamente empatadas: 50%. O Chelsea, entretanto, foi mais agudo no ataque: chutou onze bolas ao todo, contra nove dos merengues; e acertou cinco, contra apenas uma do Real Madrid.

Calendário e cansaço

Ao falar sobre as três alterações feitas de uma única vez, Thomas Tuchel utilizou como exemplo o que, para ele, foi o grande vilão no período: o calendário. "Naquele momento, estávamos perdendo muitas bolas. Cometemos muitos erros técnicos. Azpilicueta parecia muito cansado, Pulisic parecia muito cansado e o mesmo para Timo Werner. Decidimos com base no que vimos e no que foi necessário durante o jogo", comentou o treinador após a peleja contra o Real Madrid.

Na sequência, ele voltou a citar o calendário como algo decisivo para as pretensões da equipe. "Você não pode ficar com raiva, mas desapontado. Quando você tem tantas chances, é uma pena. Se você tiver a oportunidade de vencer por 2 a 0 ou 3 a 0, é um começo fantástico. Depois sofremos um gol, mas reagimos bem. Agora teremos quatro dias de folga. Vamos tentar vencer o jogo de volta. Esperamos o mesmo jogo" afirmou o treinador dos Blues.

Antes de finalizar a entrevista coletiva, novos disparos contra o calendário. "Tivemos dois jogos fora com apenas dois dias de intervalo. Sofremos nas últimas semanas. Devíamos ter tido mais um dia para recuperar. A segunda parte foi equilibrada", finalizou Tuchel.

VAVEL Logo