Montpellier busca empate duas vezes, mas PSG vence nos pênaltis e disputará final da Copa da França
Christian Gavelle/PSG

Paris Saint-Germain e Montpellier se enfrentaram em jogo válido pela semifinal da Copa da França. Com Neymar no banco, Mbappé foi a estrela da noite. O jogo ficou empatado em 2 a 2 no tempo normal, o camisa 7 marcou os dois gols para o PSG, enquanto Laborde e Delort empataram ao MHSC e levaram o jogo para a disputa de pênaltis. Nas penalidades, os parisienses venceram por 6 a 5 e se classificaram à final.

Mesmo sem Neymar e Di María, que começaram a partida no banco, o PSG dominou o Montpellier e foi superior durante todo o primeiro tempo, mas não soube aproveitar as oportunidades criadas, o time conseguiu manter a posse de bola e atacar, mas errava na finalização. Aos nove minutos, Gueye deu ótimo passe na área para Mbappé, que venceu a marcação com sua velocidade e chutou de pé esquerdo para abrir o placar.

O PSG continuou atacando e teve boas chances de aumentar o placar, dando trabalho ao goleiro Bertaud na etapa inicial e errando diversas vezes nas finalizações. Apesar da pressão, o Montpellier não deixou de atacar nos espaços cedidos pelo PSG e conseguiu marcar o gol de empate com Laborde, aos 43 do primeiro tempo. O camisa 10 recebeu pela esquerda e chutou no ângulo, sem chance de defesa para Keylor Navas. Apesar do domínio parisiense, o primeiro terminou empatado em 1 a 1.

No segundo tempo, o Montpellier voltou mais atento e disposto a buscar uma virada, mas Mbappé logo tratou de decidir para o PSG. Aos quatro minutos, o camisa 7 ganhou espaço, saiu em velocidade pela esquerda, entrou na área, passou pelos marcadores e chutou no canto marcando seu segundo gol da partida.

O Paris Saint-Germain ainda criou mais oportunidades e poderia ter matado o jogo, mas faltou precisão nas finalizações. Acomodados com a vitória, o PSG deixou o Montpellier chegar muitas vezes ao gol e Navas teve que se esforçar para não deixar acontecer um empate. Mas o PSG não soube matar a partida e logo em seguida sofreu um empate, aos 37 minutos, Laborde arrancou pela direita e apenas rolou para o meio da área. Delort passou pela frente do zagueiro rival e apenas tocou para o fundo do gol. 

Pochettino, que tinha acabado de tirar Mbappé, pensando nos pênaltis, resolveu tirar Florenzi e colocar Neymar aos 40 minutos da etapa final. O brasileiro não conseguiu fazer muita coisa e logo o árbitro apitou o final da partida.

Nas penalidades, as equipes converteram as cinco batidas de pênalti. Nas cobranças alternadas, Sambia chutou para fora na primeira batida, se o PSG fizesse a seguinte já estaria classificado. Moise Kean foi para a cobrança e converteu, garantindo o PSG na final da Copa da França.  Os parisienses agora esperam o confronto entre Mônaco e Vallières para saber quem vai enfrentar na decisão, que ocorrerá na próxima quarta-feira (19), no Stade de France, em Saint-Denis.

VAVEL Logo