Alemanha é uma gangorra de emoções na Euro 2020
Foto: Divulgação / DFB

Tetracampeã mundial e tricampeã europeia, a seleção da Alemanha sempre entra como uma das favoritas à conquista do título em qualquer competição que dispute. Nessa edição de Eurocopa não é diferente. No entanto, a classificação ao mata-mata foi garantida de forma dramática contra a Hungria em Munique.

Após a derrota de 1 a 0 para a França na estreia, os alemães tiveram Portugal pela frente. Com sangue nos olhos e a certeza de que não poderiam tropeçar novamente, não deram chance aos companheiros  de Cristiano Ronaldo e venceram por 4 a 2. Tal exibição contra os portugueses rotularam com mais afinco a Alemanha como candidata ao título deste ano. Torcedores alemães chegaram para o duelo com os húngaros com muita confiança e acreditando no conjunto nacional. Mas houve frustração.

A seleção de Joachim Low saiu atrás do placar aos 11 minutos, empatou no segundo e logo depois ficou atrás novamente num 2 a 1. E esse cenário, junto ao 2 a 2 entre portugueses e franceses no outro jogo da chave, colocava a seleção alemã na última posição, consequentemente eliminada.

Mas Leon Goretzka tratou de salvar a Alemanha aos 84 minutos com seu gol de empate salvador que recolocou seu time na zona de classificação.

Moral da história

O começo sofrido no 1 a 0 para a França deixou claro que a Alemanha ainda estava num patamar inferior aos do franceses. A vitória firme sobre Portugal, que detém o título, reanimou e colocou os germânicos novamente como fortíssimos candidatos à conquista. No entanto, o 2 a 2 com a fraca Hungria novamente plantou dúvidas sobre o potencial do time alemão.

Agora, enfrenta nas oitavas uma das seleções que demonstram um bom e regular futebol: a Inglaterra. Caso passe, tem Suécia ou Ucrânia nas quartas. Confira o chaveamento do mata-mata da Euro 2020.

VAVEL Logo