Após vitória, Klopp elogia atuação do Liverpool, mas cita que 'próximo jogo será diferente'
Site: Divulgação/ Liverpool 

Existem dias que foram feitos para ficarem marcados para sempre na história do futebol. Nesta quarta-feira (28), o Liverpool se consagrou mais uma vez e carimbou sua marca em mais uma semifinal da Champions League ao venceram o Villarreal, por 2 a 0, em Anfield, pelo jogo de ida e fica mais próximo da sua tão sonhada décima final da maior competição de futebol da Europa. 

O jogo se apresentou colorido em vermelho. O Liverpool conseguiu encontrar uma brecha na organizada zaga do Submarino Amarelo, pressionou os 90 minutos e fez 20 finalizações no gol, deixando claro o domínio de um equipe sobre a outra. 

Em coletiva de imprensa no pós-jogo, Jürgen Klopp elogiou a atuação da sua equipe na partida e explicou o que ele achava que teria sido fator essencial para a vitória de hoje. 

"A forma como jogamos e a forma como defendemos o Villarreal, a forma como atacamos o Villarreal. Você tem que marcar gols, isso é claro, futebol é a mesma coisa. Já gostei do primeiro tempo, ficou claro que tínhamos que continuar."

Além de elogiar a performance, Klopp não deixou de exaltar o adversário que, de acordo com ele, com a bola nos pés, é capaz de apresentar ameaças.

"O que eu mais gosto no Villarreal é que, mesmo quando está sob pressão, quando há um momento em que pode sair da pressão, é imediatamente uma ameaça."

Ao ser questionado sobre o trabalho que ainda resta ser feito, imediatamente respondeu que nada está concretizado. O Liverpool precisa trabalhar duro, dar muito de si e estar completamente no clima para que tudo ocorra como o desejado. 

"Nada aconteceu ainda, é assim que é. Sabemos que vamos lá e será um ambiente complicado para nós e diferente desta noite. Seus jogadores, você viu hoje à noite, eles lutam com tudo o que têm e o que eu gosto [é] que todos possam ver que lutamos com tudo o que temos. É sempre o mesmo. Se eles nos vencerem com um resultado que os leve à final, eles merecem e se não, nós merecemos. Assim é a competição."

Klopp não deixou de exaltar a maturidade que o os Reds apresentaram durante o jogo: tentaram, falharam, mas, sobretudo, não desistiram. 

"Quando falamos no intervalo, pensei que estávamos realmente frescos na primeira parte, tivemos boas pernas na primeira parte. É intenso para nós jogar da maneira que jogamos, mas é intenso para o adversário nos defender dessa maneira também. Para nós, foi o desafio - acho que é para todos os seres humanos - você tenta e falha, tenta e falha e tenta e falha e em um ponto você pensa: 'Vamos lá, não é o meu dia não mais!' Nós realmente tivemos que permanecer positivos nesses momentos e realmente tentar e falhar, tentar e falhar, mas continuar tentando com a mesma mentalidade. Foi o que fizemos."

Para finalizar, o treinador deixou claro mais uma vez que não se deve comemorar vitória antes mesmo que ela aconteça. O Villarreal se apresenta como um time bastante confiante e o jogo de volta será em uma atmosfera diferente da de Anfield, uma verdadeira maré vermelha. 

"O próximo jogo será diferente, claro, no Villarreal, uma atmosfera diferente, obviamente, e depois temos que lidar com a vantagem de 2-0 também. A melhor maneira é você simplesmente ignorar e ir de 0 a 0, você luta para ganhar o jogo lá. Mas isso é daqui a cinco dias e temos outro jogo no meio, então não tenho ideia agora do que vamos fazer lá. Não tenho lista de desejos para qual tipo de oponente quero."

A decisão acontece na próxima terça-feira e o Liverpool está a um passo de chegar a final da UCL. Do outro lado, o Villarreal terá de montar uma estratégia capaz de reverter o resultado e fazer história mais uma vez, já que não é sempre que se enfrenta um dos maiores campeões da competição.

VAVEL Logo