A Internazionale deu um passo rumo às quartas de final da Champions League. Diante da sua torcida, Giuseppe Meazza,, os Nerazzurri venceram o Atlético de Madrid por 1 a 0, com gol Arnautović, que entrou no lugar de Thuram, no segundo tempo, para carimbar a nona vitória seguida dos comandados de Simone Inzaghi.

Com 22 gols marcados e apenas quatro sofridos em 2024, faz o técnico italiano exaltar o seu time, não poupando elogios, não só pela campanha na temporada, mas do futebol apresentado durante o jogo. Mesmo assim, coloco os pés no chão, lembrando que é apenas a primeira partida da decisão. 

“Os rapazes foram excepcionais frente a uma equipe física e técnica, lamentamos porque pelo que criámos poderíamos ter arrecadado mais de um gol de margem, vai ser uma segunda parte muito difícil e intensa em Madrid. Estou feliz pelo Arna, pela forma como ele está trabalhando, todos os atacantes estão trabalhando bem e gosto deles pela atitude que têm. Hoje fizemos um bom primeiro tempo, no segundo tempo nos primeiros 10 minutos não nos aproximamos muito bem e depois fomos sensacionais, os jogadores que entraram nos deram uma grande mão, mas sabemos que é só uma primeira parte".

Inzaghi revelou que Thuram acabou sentindo e torce para não ser nada sério. Ele voltou a reconhecer o bom momento da Inter e que os próximos meses são os mais importantes na temporada.

"Thuram? Ele teve um probleminha naquele chute, depois chutou para o gol e sentiu, vamos ver, são coisas que podem acontecer, vamos torcer para não perdê-lo por muito tempo. Nestes seis meses estivemos muito bem, mas os meses mais importantes são março e abril. Gosto muito dos rapazes, da forma como jogam e treinam, sabemos que quanto mais avançamos mais as dificuldades e o cansaço vão aumentando mas temos que continuar assim. Ele fez um excelente jogo como todos os outros meio-campistas".

Inzaghi explicou as entradas de Dumfries e de Carlos Augusto, nos lugares de Darmian e Dimarco. Para o técnico, as mexidas funcionaram para o que era proposto, mas sem se esquecer de quem estava fora do campo.

“O Dumfries e o Carlos Augusto entraram muito bem, o Dimash e o Matteo também, naquele momento eu precisava de um pouco mais por fora, os zagueiros são os que mais empurram, depois temos também o Buchanan que é um excelente jogador. Foi uma noite importante para o que fizemos, também na memória de Brehme. Hoje estive com o Ferri que era companheiro dele, ficamos todos arrasados ​​porque estamos perdendo um grande jogador e uma pessoa extraordinária”.

A volta está programada para o dia 13 de março, às 17h (de Brasília), no Metropolitano. A Inter avança com um simples empate, enquanto o Atleti precisa vencer por mais de dois gols para conseguir uma classificação de forma direta.