Corinthians goleia Ponte Preta em Campinas e avança às semifinais

Na tarde deste domingo (28), o Corinthians visitou e derrotou a Ponte Preta por 4 a 0, no Estádio Moisés Lucerelli, em Campinas. Com gols de Romarinho, Emerson Sheik, Guerrero e Alexandre Pato, o Timão eliminou a Macaca e avançou às semifininais do Campeonato Paulista 2013. 

Eliminado pelos ponte-pretanos no ano passado, os corintianos entraram em campo com desejo de "vingança". Mesmo tendo um confronto contra o Boca Juniors (ARG) pela Copa Libertadores no meio de semana, o técnico Tite não pensou duas vezes e entrou com força máxima para enfrentar a Macaca. Jogadores que decidiram as finais da Libertadores em 2012, foram os mesmos que briharam no Majestoso: Romarinho e Emerson Sheik. O Timão ainda contou com gol de Guerrero em cobrança de pênalti e uma bela jogada de Alexandre Pato. 

Ponte Preta domina o começo, mas Corinthians se acerta e sai na frente

O time da Ponte Preta começou a partida embalada pela torcida, dominou os primeiros 30 minutos do primeiro tempo e o Corinthians mal conseguiu finalizar. A Macaca pressionou a saída de bola e anulou Guerrero e Emerson Sheik. Romarinho, mesmo livre pela direita, não criou chances claras de ataque. 

Pelo lado campineiro, quem brilhava era o meia Chiquinho e o atacante William Batoré, que criou o primeiro lance de perigo ao gol de Danilo Fernandes. O artilheiro recebeu lançamento de longe e, de dentro da área, soltou uma bomba, forçando uma bela defesa do goleiro do Corinthians. A Ponte ainda teve duas chances de gols, com Chiquinho e Everton Santos, mas ambas foram bem anuladas, por impedimento.

Depois de ser pressionado, o Corinthians se acertou na partida e passou a jogar melhor que os donos da casa. Aos 35 minutos, Guerrero tabelou com Danilo e soltou uma bomba de fora da área. Edson Bastos teve dificuldades para fazer a defesa e Romarinho, na sobra, abriu o placar para o Timão. O gol do Corinthians abateu a zaga da Ponte Preta. Percebendo isso, Fábio Santos arrancou pela esquerda, encontrou Emerson Sheik dentro da área, que contou com falha do arqueiro campineiro e ampliou para o Corinthians. Ainda nos acréscimos a Ponte Preta, teve a oportunidade de diminuir o placar. William recebeu bola alta dentro da área, mas errou a cabeçada, que saiu fraca nas mãos de Danilo Fernandes. 

Com a vantagem, Corinthians não teve dificuldade para dobrar o placar

Para a segunda etapa da partida os dois times voltaram sem alterações. A Ponte Preta mais uma vez atacou o adversário, mas teve dificuldades na finalização e chances claras de gols foram desperdiçadas. Aos nove minutos, Emerson Sheik foi derrubado dentro da área e  árbitro Raphael Claus marcou pênalti. Na cobrança, Guerrero aumentou a diferença para 3 a 0.

Com os três gols marcados, o Corinthians ficou tranquilo dentro de campo e passou a tocar a bola. Já os jogadores da Ponte Preta perderam a cabeça. Aos 14 minutos, Baraka fez falta em Romarinho, perdeu a cabeça e completou com forte pisão. Levou cartão vermelho e, com 10 jogadores, a Ponte Preta tentava criar jogadas. Minutos depois, Tite trocou Romarinho por Alexandre Pato. Já aos 43 minutos, Pato teve tempo de fazer um golaço e ampliar. Em uma linda jogada na entrada da área, driblou um zagueiro, o goleiro Edson Bastos e de pé esquerdo fechou o placar.


O Corinthians agora volta a se dedicar ao jogo de ida nas oitavas de final da Copa Libertadores, na quarta-feira (1), contra o Boca Juniors, em La Bombonera, na Argentina. Já a Ponte Preta, eliminada do Paulistão, tem a disputa do Troféu Interior, ao lado do Botafogo-SP, que foi eliminado no sábado (27), pelo Mogi Mirim. 

VAVEL Logo