No Brasil para adaptação, Jurgen Klinsmann elogia o São Paulo e suas estruturas
EUA já começou sua preparação no CT do Tricolor (Foto: Reprodução/Danilo Verpa/Folhapress)

A seleção dos Estados Unidos terá vida dura na Copa do Mundo 2014, será o país que mais viajará pelo Brasil, percurso de 5.608 km pelas regiões Norte e Nordeste. Mesmo assim o treinador alemão Jurgen Klinsmann fez de tudo para que a preparação dos EUA fosse no CT do São Paulo.

LEIA MAIS: Sandro Meira Ricci será o representante brasileiro da arbitragem na Copa do Mundo

Nesta quarta-feira (15), os americanos começaram sua preparação no Centro de Treinamento da Barra Funda. Mesmo com meses de antecedência do Mundial, o comandante da seleção já está preparando seus atletas e comissão técnica com as peculiaridades do Brasil.

"A viagem será um desafio. Teremos provavelmente o pior trajeto de todos os times, mas veremos como um desafio. Estamos muito orgulhosos de treinar em São Paulo, não podemos deixar essa oportunidade passar. Mas pensaremos em soluções. Talvez entre um jogo ou outro vamos ficar em outro lugar, vamos trabalhar nisso. Estamos acostumados a viajar longas distâncias, os jogadores americanos estão acostumados, mas ainda queremos minimizar os problemas com isso", explicou o alemão Klinsmann.

Sobre as altas temperaturas do país, o ex-centroavante e atual treinador dos EUA disse que não é a maior preocupação no caminho da seleção. "Não estamos com medo do calor. É sempre bom jogar no mesmo clima. Vai ser desafiante. Estaremos bem preparados, mas será difícil para os dois times. Os adversários terão as mesmas dificuldades. Jogamos na América Central com condições similares e estaremos preparados", avisou confiante.
 
Klinsmann aproveitou para elogiar as estruturas do São Paulo e disse para seus atletas aproveitassem o fato de treinar em um CT pelo qual já passaram grandes jogadores do futebol mundial.
 
"Estamos muito animados em treinar e ficar em um dos maiores clubes do mundo. Vim aqui um tempo atrás e tentei o máximo para que pudéssemos ficar aqui. Disse antes do treino para os jogadores que aproveitassem por treinar em um lugar em que passaram tantos grandes jogadores. Daqui a cinco meses vamos nos ver de novo e queremos jogar um grande futebol", afirmou.
 
O treinador da seleção americana revelou que o CT do São Paulo já havia sido escolhido antes do sorteio dos grupos da Copa do Mundo, mesmo com a seleção atuando longe da capital paulista, pois não encontrou outra estrutura de nível tão alto como encontrou na Barra Funda.
 

"Não dá para esperar até a Copa para escolher seu CT, senão não acha bons. Cada seleção já tinha escolhido, mas para nós nunca teve a ver com o sorteio. Quando vim aqui há dois anos foi por conta de um seminário organizado pelo Carlos Alberto Parreira no Rio (Footecon). Vi instalações pelo Brasil inteiro e aqui era o melhor de todos. Estamos muito orgulhosos de estar aqui durante a Copa do Mundo. É nosso trabalho se adaptar", resumiu Klinsmann.

Compondo o grupo G da Copa do Mundo, ao lado de Alemanha, Gana e Portugal, os Estados Unidos estreiam na principal competição do futebol mundial diante dos ganeses, dia 16 de junho.

VAVEL Logo