Internacional vence Santos e assume terceira posição
Colorado venceu última partida antes do clássico contra o maior rival (Foto: Alexandre Ribeiro / SC Internacional)

No encerramento da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional recebeu o Santos no estádio do Beira-Rio e conseguiu uma importante vitória por 1 a 0 com gol de Rafael Moura. As duas equipes terminaram a partida com 10 jogadores, os donos da casa perderam o zagueiro Paulão por dois amarelos enquanto o chileno Mena levou cartão vermelho pelos visitantes.

Com o resultado, o Internacional chega aos 25 pontos e assume a terceira posição do Brasileiro, quatro pontos atrás do líder Cruzeiro. Já o Santos continua com 20 pontos na sexta posição.

Na 14ª rodada, no domingo (10), as duas equipes irão disputar clássicos estaduais. O Inter recebe o Grêmio no Beira-Rio enquanto que o Santos recebe o Corinthians na Vila-Belmiro.

Inter acerta a trave duas vezes

Jogando em casa, o Internacional começou pressionando a saída de bola do Santos complicando a vida do time alvinegro e chegando com certo perigo logo no início do jogo. Alex invadiu a área, passou por Bruno Uvini, mas foi travado por Alison antes de finalizar.

A primeira grande chance do Inter foi com Juan. Alex avançou pela esquerda, passou por Cicinho e cruzou para o zagueiro cabecear e Aranha fazer boa defesa colocando a bola para escanteio.

Os avanços de Alex pela esquerda do ataque do Inter era a melhor arma do time gaúcho na partida, aos 20 minutos o meia recebeu bom passe de D’Alessandro, cortou para o meio e bateu cruzado, mas a bola passou pelo lado do gol de Aranha.

O Santos chegou a assustar quando Rildo roubou a bola de Williams no campo de ataque, avançou, mas finalizou em cima de Dida. Poucos minutos depois, D’Alessandro lançou rasteiro para Wellington invadir a área e, sozinho, finalizar, mas a bola explodiu na trave esquerda do Santos. No rebote, Mena desarmou Rafael Moura e afastou o perigo.

No fim do primeiro tempo a trave salvou o Santos novamente. D’Alessandro passou por Mena na direita e foi derrubado pelo chileno. O argentino cobrou a falta direto pro gol e a bola bateu na trave depois do desvio da defesa santista.

Rafael Moura dá a vitória ao Inter

Na volta do intervalo, o Santos começou a avançar mais sua marcação e teve boa chance de abrir ao placar quando Rildo recebeu de Lucas Lima na área, mas não chutou e preferiu tentar o passe para Gabriel, mas errou.

Aos oito minutos, Wellington Silva fez boa jogada pela direita e sofreu falta de Mena. Os jogadores do Inter pediram cartão para o chileno, mas o arbitro acabou dando o segundo amarelo para o zagueiro Paulão por reclamação. Na cobrança da falta, D’Alessandro cruzou para a área e Rafael Moura subiu sozinho e testou para as redes abrindo o placar para o time da casa.

Com um jogador a mais, o técnico Oswaldo de Oliveira tirou o volante Alison e colocou Souza em campo para melhorar a saída de bola da equipe. Enquanto Abel Braga tirou Alex e Alan Patrick para as entradas do zagueiro Ernando e de Jorge Henrique.

Aos 25 minutos, Jorge Henrique puxou contra-ataque para o Inter e foi derrubado por Mena, que levou o segundo cartão amarelo e também foi expulso deixando as duas equipes com 10 jogadores.

Logo depois o Santos teve sua melhor chance de empatar a partida. Lucas Lima tabelou com Rildo e bateu da entrada da área para grande defesa do goleiro Dida. No fim do jogo, Oswaldo ainda colocou Geuvânio e Leandro Damião em campo, mas a dupla não conseguiu levar perigo ao gol do Internacional.

Nos acréscimos o Santos ainda teve a chance do empate. Leandro Damião recebeu na área de Thiago Ribeiro, mas não quis finalizar de esquerda e ao ajeitar para a perna direita permitiu a chegada do lateral Wellington Silva.

VAVEL Logo