Ronaldinho Gaúcho no Fluminense: as vantagens e desvantagens do novo camisa 10 tricolor
Ronaldinho Gaúcho no Fluminense: as vantagens e desvantagens do novo camisa 10 tricolor

Foram meses de especulação envolvendo o nome de Ronaldinho Gaúcho. Depois de estar 90% confirmado como reforço do Vasco por Eurico Miranda e quase acertar com o Antalyaspor, da Turquia, o dentuço já sabe aonde vai jogar. O Fluminense anunciou neste sábado a contratação de R10 para o Campeonato Brasileiro. O craque assina até o fim de 2016 e ao lado de Fred, Cavalieri e Jean, será mais um medalhão no elenco tricolor.

Vista com desconfiança por parte da torcida do Time de Guerreiros, a contratação do ex-melhor do mundo divide opiniões tanto de torcedores, como de especialistas do futebol. Seria uma bola dentro da diretoria do Fluminense ou um grande erro? A VAVEL Brasil lista agora os prós e contras da vinda de Ronaldinho Gaúcho ao Tricolor carioca.

Vantagens

Intimidação

É inegável que um atleta com a história e a qualidade de Ronaldinho põe medo em qualquer adversário. Hoje quando entra em campo, o Fluminense tem em Fred, seu faro de gol e posicionamento dentro da área, o principal motivo de preocupação por parte de seus oponentes. R10, por mais que em fim de carreira, seria mais um a dividir a atenção da marcação adversária.

Bola parada

Desde que Thiago Neves, Conca e Deco deixaram as Laranjeiras, o Fluminense não tem um bom batedor de faltas. O último gol feito pelo Tricolor em uma cobrança direta de falta foi em setembro de 2014, por Conca na vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo, no Morumbi. Vale também destacar que o Flu tem hoje em seu elenco ótimos cabeceadores, como Fred, Edson, Gum e Antônio Carlos. A vinda de Ronaldinho pode fortalecer a jogada aérea tricolor e torná-la uma arma secreta mortal.

Espelho para os jovens

Ao todo, o Flu conta hoje em seu elenco com 16 jogadores formados nas categorias de base do clube. Entre eles, Marlon, Gerson, Gustavo Scarpa e Marcos Junior, jogadores que vem se destacando nas últimas partidas e feito a diferença para o Tricolor. Os dois últimos chegaram a declarar na última semana que seria uma honra e um grande aprendizado ter a possibilidade de jogar ao lado do dentuço. Além de Fred, os garotos de Xerém agora podem ter em R10 mais uma figura paterna.

Poder de decisão

Em sua passagem pelo Atlético-MG, Ronaldinho foi fundamental para a classificação e a conquista da Libertadores de 2013. O craque fez jogos memoráveis com a camisa alvinegra e foi um dos principais responsáveis por levar o Galo ao lugar mais alto em que já esteve em toda a sua história centenária. Se repetir as boas atuações, o craque só teria a acrescentar com a camisa verde, branca e grená.

Desvantagens

Desagregação do elenco

Conhecido por ser um atleta polêmico, Ronaldinho provou em suas últimas passagens por Flamengo e Atlético-MG que o extra campo é seu principal defeito. Frequentador assíduo de baladas, festas e noitadas, muitos consideram que R10 pode ser um problema para o Flu, e venha a rachar um grupo que, até aqui no Brasileirão, vem se mostrando fechado e comprometido.

Estrelismo

O alto salário de Ronaldinho é mais um ponto que joga contra a vinda do atleta ao clube. O meia ganhará mais ou menos a mesma quantia de Fred, cerca de R$ 600 mil reais mensais, com possibilidades de mais R$ 200 mil de lucro com possíveis vendas de produtos, sócio-torcedor e outras estratégias de marketing. Esses números podem gerar um desconforto no vestiário, visto que a maioria dos atletas ganham bem menos.

Características do jogador

Mesmo quando mais novo, Ronaldinho nunca foi o tipo de jogador que se doasse em campo pelo time. Hoje com 35 anos, menos ainda. Enderson Moreira instalou um novo esquema de marcação no time do Fluminense em que até Fred, quando o time não detém a posse da bola, volta para o campo de defesa para ajudar na marcação. Será que R10 estaria disposto a aderir a esse método de jogo?

Identificação com rivais

Quando voltou ao Brasil, Ronaldinho foi anunciado pelo Flamengo. A passagem durou menos de um ano e meio. Depois disso, R10 acertou com o Atlético-MG, onde foi ídolo e imortalizado na história do clube com o título da Libertadores da América de 2013, além de seus golaços, assistências e lances de efeito. A identificação do jogador com esses times pode ser mais um fator negativo dessa contratação. Vale lembrar que hoje o Flu disputa a liderança do Brasileirão com o próprio Galo.

VAVEL Logo