Mesmo com assédio de clubes Europeus, Inter afirma permanência de Alisson em 2016
Foto: Chico Luz/Agência RBS

Defesas difíceis, regularidade e liderança em campo fizeram com que Alisson alcançasse o patamar de ídolo pela torcida e a admiração de apreciadores do futebol. O goleiro de 23 anos assumiu a titularidade sob o comando de Abel Braga em 2014 e desde então não abandonou a guarda das redes Coloradas. Irmão mais novo do goleiro Muriel(também do Inter), Alisson foi fomado nas categorias de base do Beira Rio. Sua estréia foi em 2013 pelo Gauchão contra o Cruzeiro, onde a partida terminou em 1x1. Já são 81 jogos pelo time.

Todos os atributos de Alisson despertaram a atenção do técnico Dunga da seleção Brasileira, que levou o garoto em seu grupo para ser o terceiro goleiro. A oportunidade de iniciar como titular surgiu e ele agarrou como quem faz uma grande defesa. O jogo foi contra a Venezuela com vitória da seleção canarinho pelo score de 3x1 em Fortaleza pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Com o sucesso de suas atuações surgiram diversas sondagens de clubes top de linha da Europa. Segundo o agente do goleiro, 10 clubes Europeus entraram em contato, sendo 6 deles clubes do alto escalão do futebol mundial. A sondagem mais concreta veio por parte da Roma no meio do ano, onde o jornal italiano Gazzetta Dello Sport deu como certa a contratação do jovem goleiro para o clube da capital da Itália. As negociações não se concretizaram.

Atualmente o vínculo de Alisson com o Internacional vai até novembro de 2016. A pretensão do Inter é prorrogar o contrato por mais 4 temporadas com aumento de salário para o jogador.

Segundo o vice de futebol Carlos Pellegrini, o guarda meta deve realmente ficar em Porto Alegre na próxima temporada: "Não existe nenhuma possibilidade dele sair agora. Não tivemos propostas, e mesmo se tivéssemos não venderíamos. Ele não será vendido na janela de Janeiro e Fevereiro." Declara.

O cenário que temos é de uma forte tendência de renovação. Tudo depende de um acerto entre o empresário de Alisson com a direção do clube.

VAVEL Logo