Geromel mostra vontade de reverter placar em Rosario: "Ainda não desistimos"
Foto: Divulgação/ Grêmio

O Grêmio foi do céu ao inferno em apenas dois jogos. Eliminado no Gauchão, a equipe de Roger Machado saiu em desvantagem nas oitavas de finais da Libertadores da América, quando perdeu para o Rosario Central, por 1 a 0, na Arena

+Grêmio perde em casa para Rosario Central e se complica nas oitavas da Libertadores

+Roger elogia atuação do Rosario e diagnostica: "Confundimos velocidade com pressa"

Sem o zagueiro Pedro Geromel nos dois jogos, a equipe passou por dificuldades na defesa, sempre tomando susto em bolas levantadas na área. Para classificar-se às quartas, o Tricolor precisa demonstrar sua força na Argentina, e reverter o placar agregado. 

E para isso, Roger Machado terá um reforço e tanto: de volta após oito dias, por conta de uma caxumba, Geromel voltou aos treinos e deverá ser titular no Gigante de Arroyito.

Zagueiro voltou após dez dias de ausência, por caxumba (Foto: Divulgação/Grêmio)
Zagueiro voltou após oito dias de ausência, por caxumba (Foto: Divulgação/Grêmio)

Nesta sexta-feira (29) gelada em Porto Alegre, o zagueiro voltou a treinar com bola e a correr normalmente entorno do gramado  do CT Luiz Carvalho, junto dos titulares que participaram do jogo ante ao Rosario. Após a manhã de treinamentos, Geromel deu entrevista na sala de imprensa. 

Geromel analisou o jogo da quarta-feira (27), quando o Tricolor foi surpreendido pelos argentinos, dentro de casa: "Conversamos, falamos sobre o jogo, que pressionaram, que não esperavam tanta dificuldade assim, não conseguimos colocar nosso ritmo, de toque de bola, fomos surpreendidos pelo adversário. Marcaram muito em cima. Vamos trabalhar bastante para tentar dar a volta nesta situação", disse.

Confiante na reversão do placar por parte do time gaúcho, ele pediu uma mudança de atitude no time: "Foi uma semana muito dura para dirigentes, jogadores, para o Grêmio. Somos todos homens, temos que conversar para se acertar e chegar a algum lugar. Tem que ser pela vontade, os argentinos entraram mordidos e tudo isso e não iremos entrar diferentes lá na Argentina - comentou", afirmou.

Por fim, o zagueiro tricolor garantiu empenho e busca pela classificação no Gigante de Arroyito: "Adversário capacitado, marcou muito a gente, dificultou o trabalho nosso dos companheiros e saiu com a vitória com méritos. Acho que independente do que aconteça com eles, vamos com o intuito que ficou difícil, jogar lá é complicado, o time tem qualidade, mas é possível. Precisamos de uma vitória, o 1 a 0 leva para os pênaltis, podemos vencer. Vamos trabalhar com esse intuito, de conseguir a vitória. A gente ainda não desistiu", concluiu.

VAVEL Logo