Com show de Sóbis, Cruzeiro atropela Brasília-DF no último jogo-treino antes do Mineiro
Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil

Com show de Sóbis, Cruzeiro atropela Brasília-DF no último jogo-treino antes do Mineiro

Raposa goleia sob forte calor e apoio de 1.723 torcedores; Thiago Neves faz trabalhos físicos durante a partida

vavel
Charley Moreira/Matheus Adler
CruzeiroRafael; Ezequiel (Mayke), Leo (Murilo), Manoel (Caicedo) e Diogo Barbosa (Bryan); Hudson (Lucas Romero), Ariel Cabral (Fabrício), Robinho (Alex) e Alisson (Elber); Arrascaeta (Raniel) e Rafael Sobis (Ramón Ábila) Técnico: Mano Menezes
Brasília-DFRailson; Eli, Sadan, Lucas Alves e Heltinho; Adenísio, Matheus Carneiro, Marcos Morgon e Igor Kopke; Braittini e Yuri. Depois entraram Shayder, Thiago, Dourado, Daniel, Rafael, Maikinho, João Bahia, Wallace, Toninho e Lucas Pires

No último jogo-treino antes do início do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro atropelou o Brasília-DF, por 8 a 2, na tarde desta quarta-feira (25), no campo do SESC Venda Nova, em Belo Horizonte/MG. Com três gols, o atacante Rafael Sóbis chamou os holofotes para si e foi um dos destaques do jogo-treino. O meio-campo Robinho marcou outros dois tentos, enquanto ArrascaetaElber e o centroavante Ramón Ábila completaram o certame.

Os 1.723 torcedores que compareceram ao jogo-treino, puderam conferir, também, a nova numeração dos atletas, que deverá ser oficializada na próxima sexta-feira (27). Ramón Ábila, por exemplo, que vestiu a camisa 50 em 2016, vestirá a 9, que era de Willian, neste ano. Já o zagueiro Kunty Caicedo herdará a camisa 4 de Bruno Rodrigo, que não teve o contrato renovado com a Raposa. 

Ábila herdará camisa 9 deixada por Willian, negociado com Palmeiras (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)
Ábila herdará camisa 9 deixada por Willian, negociado com Palmeiras (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)

No entanto, a torcida não viu o meia Thiago Neves em campo. O jogador trabalhou a parte física, juntamente com Rafinha, durante o jogo. Neves não deve estar em campo na estreia oficial do Cruzeiro, no domingo (29), diante do Villa Nova, no Mineirão, pelo Cameponato Mineiro.

Thiago Neves e Rafinha, rivais na Arábia, trabalharam a parte física durante jogo-treino (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)
Thiago Neves e Rafinha, rivais na Arábia, trabalharam a parte física durante jogo-treino (Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil)

Cruzeiro atropela Brasília-DF no primeiro tempo

O Cruzeiro não tomou conhecimento do Brasília-DF e marcou dois gols nos dois primeiros minutos de jogo. Rafael Sóbis foi o autor dos tentos. Porém, aos cinco minutos, Léo e Rafael trombaram dentro da área do Cruzeiro, a bola sobrou para Braitinni, e o atacante tocou para Marcos Morgon mandar às redes: 3 a 1.

Mas o dia era de Sóbis. Aos 13 minutos, o camisa 7 celeste finalizou dentro da área para marcar o seu terceiro gol na partida. Logo em seguida, a torcida cruzeirense vibrou novamente, mas dessa vez com o gol de falta de Arrascaeta.

O confronto perdeu intensidade à metade do primeiro tempo, mas o Cruzeiro seguia dominante. Prova disso foi o quinto gol celeste, anotado aos 27 minutos por Robinho: limpou a jogada e bateu rasteiro, em diagonal.

Antes do término do primeiro tempo, o Brasília-DF marcou um belo gol com Marcos Morgan, de falta. Porém, o Cruzeiro não tirou o pé do acelerador e acabou fazendo o sexto gol: Robinho, de canhota, mandou no ângulo direito do goleiro Railson.

Segundo tempo de poucos gols e muitas mexidas

O Cruzeiro iniciou o segundo tempo da mesma forma que finalizou o primeiro: imponente. Mas desperdiçou muitas chances de gol. Aos 15 minutos, o técnico Mano Menezes decidiu mexer em todo o time. O único a ser mantido foi o goleiro Rafael. Entraram: Mayke, Murilo, Caicedo e Bryan; Romero, Fabrício, Alex e Elber; Raniel e Ramón Ábila.

Após as substituições, o Cruzeiro marcou dois gols: o primeiro com Ábila, que aproveitou lançamento de Lucas Romero, enquanto o segundo foi marcado por Elber, que, de cabeça, estufou às redes do Brasília. 

VAVEL Logo