São Paulo tem três convocados e deve ter desfalques contra Corinthians
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Nessa sexta-feira (03) o São Paulo acompanhou com apreensão a realização das convocações de algumas seleções sul-americanas e diferente de outros dos seus rivais a preocupação se deu com as seleções que falam espanhol e não com a lista de Tite. E como esperado alguns atletas do time do Morumbi foram convocados com os nomes de Lucas Pratto, Julio Buffarini e Christian Cueva para as listas de Argentina e Peru respectivamente.

Os jogos serão disputados entre os dias 23 e 28 e com isso os atletas podem desfalcar o conjunto paulista por até três partidas contra o Botafogo no dia 22, o clássico contra o Corinthians em 26/03 e a partida contra o São Bernardo no dia 29. O grande pesa vêm pela ausência do trio no majestoso que será o único clássico da fase de classificação da competição.

Em meio a tudo isso os argentinos comemoram o fato de serem lembrados pelo técnico Edgardo Bauza e celebrando seu trabalho feito no clube.

“Isso representa muito, e estou feliz por ser convocado de novo. Desde que cheguei ao clube mantive a gana de ser convocado novamente, e felizmente as coisas têm corrido bem no São Paulo. Sem dúvida, isso é muito importante”, afirmou Pratto.

“A Seleção Argentina é uma das melhores do mundo e conta com jogadores importantes. Por isso, fazer parte da lista me deixa ainda mais contente. Estou feliz pela convocação e espero seguir ajudando o meu país”, acrescentou Pratto.

“É uma alegria muito grande ser convocado novamente, e espero representar bem o meu país. Desde garoto, o meu sonho sempre foi defender a seleção, e por isso sempre fico emocionado toda vez que sou convocado. Oxalá eu consiga aproveitar esta oportunidade. Além disso, estou contente pela convocação do Pratto também, porque ele merece”, acrescentou Buffarini, que projetou os confrontos.

“Será uma partida chave contra o Chile, porque em caso de vitória daremos um passo importante em busca da vaga na Copa do Mundo. Sabemos o quanto representa este jogo. Precisamos de um resultado positivo para, depois, ter mais tranquilidade contra a Bolívia, na altitude. Vamos confiantes de que é possível conquistar os pontos e seguir firme na disputa”, finalizou o lateral que é homem de confiança do comandante albiceleste.

VAVEL Logo