Corinthians joga para o gasto, bate Atlético-GO e assume liderança provisória
Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Em momentos opostos na tabela, Atlético-GO Corinthians foram a campo na tarde deste domingo (28) no Serra Dourada, em Goiânia. O Timão, mesmo fora de casa, foi amplamente superior na partida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017 e levou a melhor ao bater o Dragão por 1 a 0, com gol solitário de Rodriguinho, ainda durante o primeiro tempo.

Com o resultado positivo, os corintianos chegam a sete pontos e vão à liderança, ainda que de maneira provisória, pois dependem do placar do Grêmio com o Sport nesta noite. Os atleticanos, por outro lado, se mantêm na lanterna e sem pontuar, chegando a sete confrontos sem vencer na temporada.

Os times voltam a campo, pela 4ª rodada do Brasileiro, só no próximo fim de semana. Os goianos vão visitar o Bahia na segunda-feira (5) na Arena Fonte Nova, em Salvador, às 20h, enquanto os paulistas fazem clássico estadual contra o Santos na Arena Itaquera, no sábado (3), às 19h.

Timão é mais eficaz e sai em vantagem

Ainda sem vencer no campeonato, o Atlético-GO viu o Corinthians ter um início melhor, mas sem ser efetivo. A primeira boa chance foi com Maycon, que recebeu bom passe e chutou de canhota, mas o goleiro Felipe fez grande defesa e interveio, segurando o placar. Ainda assim, o Dragão conseguiu sair para o ataque e conseguiu dar equilíbrio em campo.

Mesmo que os donos da casa tivessem crescido no confronto, o Timão permaneceu mais presente ao setor ofensivo e voltou a levar perigo. Após cruzamento de Arana,  arrematou em direção ao gol, contudo o camisa 1 atleticano saiu bem da meta e impediu novamente para a intervenção.

Continuar com a pressão foi proveitoso aos corintianos, que saíram à frente no placar. Arana tabelou com Romero pela esquerda e cruzou na área. Lá estava Rodriguinho, que se antecipou bem à marcação e, sozinho, só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo da rede, fazendo a festa dos torcedores presentes.

Sem criatividade, os goianos procuraram alternativas para passar por todo o sistema defensivo dos paulistas, porém não foram efetivos. Em um dos poucos lances individualmente, Luiz Fernando arrancou com total liberdade e finalizou forte, entretanto saiu próximo ao travessão e Cássio apenas observou.

Corinthians administra vantagem e vence

Na etapa final, o Atlético voltou com duas mudanças, afim de corrigir os erros cometidos durante a inicial. Everaldo e Luiz Fernando, com o rendimento abaixo do esperado e que apareceram pouco no ataque, deixaram o jogo para as entradas de Júnior Viçosa e Andrigo. Ainda assim, a primeira boa chance foi dos visitantes, quando Romero teve a oportunidade de chutar da intermediária e obrigar Felipe a afastar.

Mesmo assim, o Dragão mostrou que iria para cima buscar o empate, tentando garantir o primeiro ponto no Brasileiro. Após cruzamento na pequena área da esquerda para a direita, a bola passou muito perto de Andrigo. Pouco depois, o mesmo Andrigo bateu falta e a bola saiu próxima à trave esquerda.

A pressão, entretanto, virou de lado depois de que Clayson estreou e Jádson saiu de campo, com duas boas oportunidades. A primeira veio com o zagueiro Pablo, que finalizou depois de um tiro livre batido por Maycon dentro da área, porém direto para fora. Logo em sequência, o estreante recebeu de Jô e saiu livre, mas chutou em cima de Felipe.

Já na reta final, os anfitriões apresentaram um futebol aquém do que era esperado, contudo tiveram a última boa chance do duelo. Após a cobrança de escanteio, Júnior Viçosa subiu para cabecear e Cássio fez grande defesa. No rebote, o assistente levantou a bandeira, aponta impedimento

VAVEL Logo