De virada! Seleção Brasileira bate Espanha em amistoso e mantém invencibilidade de Emily Lima
Foto: Daniel Nieto/VAVEL

Na tarde deste sábado (10), o Brasil enfrentou a Espanha em um jogo de alto nível que rendeu emoção até os minutos finais. Quem imaginou um amistoso morno se enganou, porque a partida foi pegada do início ao fim, com direito a encaradas, grandes defesas e gols nos minutos finais. A equipe brasileira ficou com a vitória por 2 a 1 e manteve 100% de aproveitamento da técnica Emily Lima. 

Os gols da partida foram marcados por Vicky Losada, para a Espanha, com Darlene e Rafaelle deixando o delas para o Brasil. A partida serve como preparação para a EURO por parte da seleção espanhola e como sequência de trabalho para a Seleção Brasileira, que tem como foco a renovação da equipe.

O próximo confronto brasileiro será contra a Islândia, na terça-feira (13), em Laugardalsvöllur.

Brasil sofre com a  pressão espanhola 

Foto: Daniel Nieto/VAVEL

Quando se fala em amistoso, muitos esperam uma partida mais calma e estudada. Mas não foi o que aconteceu nesta tarde, na Espanha. O jogo já começou muito forte, com as duas equipes utilizando a marcação alta, na saída de bola, tentando induzir o adversário ao erro.

O Brasil foi quem sofreu mais no inicio, já que a Espanha encaixou sua marcação e forçou a zaga brasileira a dar chutões. Com a posse de bola e da forma que gosta de jogar, trocando passes, a Espanha foi chegando e ganhando território, e, em uma falha da defesa brasileira, encontrou o pênalti. Tamires errou o bote, escorregou e acabou jogando o corpo sobre Sampedro. Vicky Losada cobrou e fez 1 a 0.

As subidas da Espanha continuaram perigosas. Em bom lançamento, Mari Paz apareceu nas costas de Tamires e bateu firme de primeira, mas Bárbara estava bem colocada e fez boa defesa. Poucos minutos depois, num lançamento em profundidade, a goleira brasileira fez novamente uma grande defesa, dessa vez com os pés e salvou o Brasil do segundo gol. 

A equipe brasileira tentou equilibrar a  partida e, em um contra-ataque rápido, Marta conseguiu conquistar um escanteio. Na cobrança, Andressinha encontrou Mônica, que bateu pro gol, mas a bola acabou explodindo em Andressa Alves, e posteriormente a zaga espanhola afastou. Outro momento de perigo foi gerado pela marcação na saída de bola. Marta apertou, a zaga afastou mal e Bia Zaneratto bateu colocado, mas Sandra Paños caiu e fez uma boa defesa. Um primeiro tempo de bons lances, mas apenas um gol.

Emily faz boas mudanças e Brasil vira o jogo

Na volta para o segundo tempo, Emily Lima fez já a sua primeira alteração e colocou Gabi Nunes no lugar de Andressa Alves. A conversa de vestiário também parece ter sido boa, já que o Brasil voltou mais ligado no jogo, trocando passes com mais velocidade e conseguindo criar mais oportunidades de gol. Não era um domínio de jogo, mas já equilibrava mais a partida. 

A Espanha manteve a postura do primeiro tempo, com muita marcação e boa troca de passes com a posse de bola. O forte calor desgastou ambas as equipes, mas foi a Espanha quem cansou primeiro e passou a dar mais espaço à Seleção Brasileira. Emily seguiu mexendo na equipe, promoveu as entradas de Debinha, Maurine e Darlene, no lugar de Camila, Leticia e Fran, respectivamente.

Maurine conseguiu arrumar o meio-campo brasileiro, Darlene abriu o jogo no ataque, dando passes açucarados para Marta e Debinha. Marta começou a escapar da marcação e fez uma bela jogada, driblando duas marcadoras, mas adiantou um pouco a bola e a goleira Paños ficou com o domínio. Pouco depois, Emily fez a última alteração: a entrada de Djenifer no lugar de Bia Zaneratto. 

Nesse momento, o gol saiu. Marta roubou a bola e deixou Darlene cara a cara com a goleira. Darlene não desperdiçou e empatou a partida. Um gol que deu gás à Seleção Brasileira, que nesse momento já criava muito mais que a Espanha. 

Seguindo no ataque, o Brasil criou mais uma ótima chance, Darlene fez boa jogada e deixou Debinha na cara do gol, mas ela bateu mal e mandou para fora. Mas esse gol perdido acabou não fazendo falta.

Aos 42 minutos, Andressinha cobrou falta e jogou a bola na área para Rafaelle subir mais alto e virar a partida, calando de vez a torcida da Espanha que já tinha ensaiado um "olé" no inicio do segundo tempo. Vitória do Brasil e invencibilidade mantida. A 'era Emily Lima' segue com 100% de aproveitamento

VAVEL Logo