Jô exalta jovens companheiros após vitória do Corinthians em Chapecó: "Foram importantes"
Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Em partida adiada e válida pela 20ª rodada, o Corinthians vence a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá nesta quarta-feira (23). O time paulista vinha de sua primeira derrota no Campeonato Brasileiro para o Vitória no último sábado.

O atacante Jô abriu o placar aos 44' do 2T, com gol sofrido, assim descrito pelo mesmo, voltando a disputar a artilharia do Campeonato Brasileiro com Henrique Dourado, ambos com 12 gols na competição.

"Fui feliz em uma bolinha que apareceu e fizemos o gol. Dos 12, foi meu gol mais sofrido no campeonato. Bem de Corinthians mesmo, a torcida deve ter sofrido junto", declarou o artilheiro do time.

Além do gol, o que levou o Corinthians a vitória, foi certamente o lance em que Léo Santos tirou o que seria um gol da Chape, aos 36' do 2T, tal lance foi comemorado pela torcida e jogadores como se fosse um gol, e foi até comparado ao único gol da partida.

"Os dois foram importantes, o Léo fez uma leitura maravilhosa, sabia que deveria estar naquele lugar para evitar o gol. Jogou muito bem, foi muito seguro", disse Jô após o fim da partida.

Visto como o salvador da partida, Léo Santos disse não sofrer pressão ao vestir a camisa do Timão após sua primeira partida no time titular do clube paulista.

"Não, pressão não, estou aqui no Corinthians desde os meus 12 anos. O Corinthians não é como qualquer clube. Trabalho para sempre corresponder quando as oportunidades aparecerem. Hoje não foi diferente", declarou o jovem zagueiro.

O Corinthians foi para o jogo em Chapecó com desfalques de Arana e Balbuena, dando espaço para jogadores da base na defesa corinthiana, e fizeram uma boa partida, tendo atuações elogiadas pela torcida e pelo goleiro Cássio.

"Passei segurança aos zagueiros, eles foram muito bem. Tentei sair para abafar, a bola quicou e passou por cima da minha perna. O Léo estava muito bem posicionado", comentou o goleiro sobre a atuação da defesa do Timão contra o time catarinense.

O autor do gol, Jô e Romero, não entrarão em campo contra o lanterna do Brasileirão, Atlético-GO, no sábado (26) na Arena Corinthians às 19h. Jô recebeu seu terceiro cartão amarelo por reclamações após anulação do gol de Rodriguinho, já Romero, foi advertido por falta dura em Julio César.

VAVEL Logo