Tribunal da Fifa acata pedido e pena de Guerrero é reduzida para seis meses

Tribunal da Fifa acata pedido e pena de Guerrero é reduzida para seis meses

Com a decisão da Comissão de Apelação da Fifa o peruano vai disputar a Copa do Mundo da Rússia

rafaorgam
Rafael Orgam

Em decisão tomada pelo Tribunal de Apelação da Fifa a pena de Paolo Guerrero que antes era de um ano, foi reduzida para seis meses. Com esse novo veredito o peruano está liberado para jogar a Copa do Mundo da Rússia em 2018. Guerrero foi fundamental para a classificação da seleção peruana. 

O advogado Bichara Neto comemorou a decisão e disse que vai recorrer novamente, dessa vez ao CAS, para reduzir ainda mais ou absolver o atleta. 

Paolo testou positivo para benzoilecgonina, que é um metabólito da cocaína logo após a partida contra a Argentina, nas eliminatórias. Por ter dado positivo, ele foi suspenso preventivamente por 30 dias. 

A defesa do atacante alegou que a substância é proveniente da folha de coca, que é utilizada para a produção de diversos chás que são muito consumidos na América do Sul. Os advogados acreditam que ele foi contaminado por um outro tipo de chá.  

A Fifa divulgou uma nota dizendo que decidiu por aceitar parcialmente o recurso de Paolo Guerrero. Também disse que analisou todas as circunstâncias e o grau de culpabilidade do atacante e por isso considerou o período de seis meses de suspensão como apropriado. 

VAVEL Logo

Flamengo Notícias

há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 8 dias
há 8 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 12 dias
há 18 dias