Diretor de futebol do América-MG, Ricardo Drubscky afirma que elenco ainda precisa de reforços

Segundo Drubscky, "dois, três ou até quatro jogadores" são bem vindos; todavia, esperando pela oportunidade certa, sem contratar desesperadamente

Diretor de futebol do América-MG, Ricardo Drubscky afirma que elenco ainda precisa de reforços
Foto: Divulgação/América-MG

Apesar da derrota para o Atlético no último domingo (18), o América tem uma boa campanha no Campeonato Mineiro. São quatro vitórias, um empate e duas derrotas, sendo estas nos clássicos. Visando a temporada de 2018, o time alviverde contratou nove jogadores. O zagueiro Matheus Ferraz, os laterais Aderlan e Carlinhos, o volante Matheus Sales, o meia Serginho e os atacantes Rafael Moura, Capixaba, Aylon e Marquinhos.

O elenco americano hoje conta com 28 atletas, sendo que todas as posições possuem cinco jogadores, exceto o gol e a zaga. Porém, o clube está satisfeito com o número de goleiros. Em entrevista coletiva concedida no CT Lanna Drumond, o diretor de futebol Ricardo Drubscky afirmou que o Coelho não está desesperado à procura de jogador, mas não deixa de estar atento às possibilidades que possam surgir.

"Nós temos conversado muito. Eu, Salum, Enderson e com apoio do Luiz Kriwat e do Paulo Assis, que estão ali convivendo o dia a dia do time de uma maneira muita intensa. Estamos todos atentos. Então, em termos de números de jogadores, realmente o elenco ainda precisa de dois, três ou até quatro jogadores, mas nós não vamos sair para contratar quatro jogadores apenas pelo fato de precisarmos desse número. Estamos esperando chegar opções que realmente vão nos atender", esclarece Drubscky.

Um nome que interessa ao clube é do zagueiro Reginaldo, de 25 anos, que está no Fluminense e não vem sendo utilizado pelo técnico Abel Braga. O time carioca busca um novo zagueiro e, caso consiga uma negociação, a tendência é que o atleta seja emprestado. De acordo com Drubscky, o jogador agrada ao técnico Enderson Moreira. Seria o quinto zagueiro do elenco, que conta com Messias, Rafael Lima, Lima e Matheus Ferraz.

"É um jogador que em um primeiro momento, estava disponibilizado pelo fluminense e aí em um segundo momento, o fluminense recuou por necessidade, ou seja, vai precisar dele, mas a coisa ficou muito próxima de ser concluída, mas um detalhe fez com que o fluminense recuasse. Se o Reginaldo ficar disponível no momento em que nós ainda estivermos com essa possibilidade em  trazer o quinto zagueiro, mais um zagueiro, nós iremos investir ele, pois é um jogador que está mais que aprovado para nós", confirma o diretor de futebol.