Para fechar primeira fase do Mineiro, Cruzeiro vai com time alternativo contra Patrocinense

Raposa é líder isolada do Estadual com 28 pontos; já o time de Patrocínio, adversário deste domingo (11), tem campanha irregular e ocupa a sétima colocação do campeonato

Para fechar primeira fase do Mineiro, Cruzeiro vai com time alternativo contra Patrocinense
Time alternativo vai defender invencibilidade do Cruzeiro no campeonato (Foto:Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Patrocinense
Cruzeiro
Patrocinense: Neguete; Ângelo, Juninho, Nilo e Danilo Tarracha; Bruno Moreno, Romário, Leomir e Diogo Peixoto; Ademir e Marcelo Régis.
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Dedé, Digão e Marcelo Hermes; Lucas Silva, Bruno Silva e Mancuello; Rafael Marques, Raniel e Judivan.
ÁRBITRO: Emerson de Almeida Ferreira auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Márcio Eustáquio Sousa.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro, a ser disputado no Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio, às 17h do dia 11 de março.

Líder invicto do Campeonato Mineiro - com 28 pontos conquistados em 30 possíveis - o Cruzeiro entrará em campo neste domingo (11), às 17h, em jogo que fecha a primeira fase do Estadual. Para este duelo contra o Patrocinense, no Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio, o técnico Mano Menezes deve escalar um time alternativo.

O duelo deste domingo será apitado por Emerson de Almeida Ferreira e terá como auxiliares Guilherme Dias Camilo e Márcio Eustáquio Sousa.

"Equipe B" vai a campo

Devido ao rodízio do elenco, a Raposa que é dona do melhor ataque e tem a defesa menos vazada da competição, vai defender a invencibilidade sem os jogadores considerados titulares. Segundo o técnico Mano Menezes, o goleiro Fábio, o lateral-direito Edílson e o atacante Rafael Sóbis não devem sequer ser relacionados para o duelo, pois estão pendurados com dois cartões amarelos.

A grande novidade do Cruzeiro para o jogo é a volta de Sassá à lista de relacionados e ao banco de reservas.  O atacante não entra em campo desde setembro de 2017, quando sofreu uma lesão no joelho direito em partida contra a Chapecoense.

O rodízio do elenco e o descanso aos jogadores considerados titulares foi planejado pelo treinador Mano Menezes, visando as quartas de final do Estadual - fase que tem inicio na próxima semana.

Assim, o provável time do Cruzeiro tem Rafael; Ezequiel, Dedé, Digão e Marcelo Hermes; Lucas Silva, Bruno Silva e Mancuello; Rafael Marques, Raniel e Judivan.

Patrocinense tem retorno de peças importantes

Ao contrário do Cruzeiro, o Patrocinense entra pressionado em campo neste domingo. Com 12 pontos conquistados e ocupando a sétima colocação, o time de Patrocínio precisa de uma vitória para afastar qualquer possibilidade de rebaixamento.

Em caso de triunfo, a equipe pode terminar a primeira fase, até mesmo, na quarta colocação. Com isso, o time teria vantagem nas quartas de final do Mineiro e conquistaria o direito de disputar o Campeonato Brasileiro da Série D do próximo ano.  

Para o jogo contra a Raposa, o time de Patrocínio conta com as voltas dos volantes Bruno Moreno e Leomir, que estavam suspensos na última rodada. O técnico Wellington Fajardo também vai contar com os zagueiros Diego Borges e Rodolfo Mol, que voltam de lesão e devem figurar, pelo menos, no banco de reservas.

O Patrocinense deve jogar com Neguete; Ângelo, Juninho, Nilo e Danilo Tarracha; Bruno Moreno, Romário, Leomir e Diogo Peixoto; Ademir e Marcelo Régis.