Em busca da liderança do grupo, Corinthians enfrenta Deportivo Lara pela Libertadores
Foto: (Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Em busca da liderança do grupo, Corinthians enfrenta Deportivo Lara pela Libertadores

Na quarta-feira (14), Corinthians irá enfrentar o desconhecido Deportivo Lara da Venezuela; Mais de 30 mil ingressos foram vendidos

sandro
Sandro Vieira
CorinthiansCássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson (4-2-4).
Deportivo LaraSalazar; Aponte, Bolívar e Mendoza; Di Giorgi, Valderrey, Sierra, Ramírez e Soto; Falcón e Cardozo (3-5-2).
ÁRBITROA arbitragem será da Bolívia, no apito Raul Orosco, auxiliado por Edwar Saavedra e Reluy Vallejos.
INCIDENCIASPartida válida pelo Grupo 7 da Libertadores da América - 2º rodada. E será disputada na Arena Corinthians para mais de 30 mil torcedores.

Nessa quarta-feira (14), às 21h45, o Corinthians fará sua primeira partida jogando em casa na Libertadores contra o desconhecido e 'novato' Deportivo Lara da Venezuela. El Depor - como é conhecido - é líder do Grupo 7 com 3 pontos. Venceu o Independiente-ARG por 1 a 0 em casa. O Timão iniciou a competição com um empate diante o Millionarios-COL por 0 a 0. Mais de 30 mil ingressos foram vendidos para o jogo na Arena Corinthians.

Asociación Civil Deportivo Lara é um clube venezuelano da cidade de Cabudare, fundado em 2009, e faz segunda participação na maior competição sul-americana. Apesar de serem novos no futebol, o técnico Leo González, sabe que é necessário conhecer seu adversário para encontrar a melhor maneira de vencê-lo. 

Treinando no CT Joaquim Grava, ao lado do Timão, o treinador pontuou o esquema de Fábio Carille e seus pontos fortes.

"Sua verticalidade. É uma equipe que triangula muito, não tem um atacante na área, mas ataca com muita gente. Tem ótimos jogadores, jogam rápido pelos lados, possuem um lateral de Seleção, que é o Fagner. Assim como vídeos deles, eles devem ter visto nossos. Eles têm também Balbuena e Romero, os paraguaios, tem jogadores importantes. Mas vamos tratar de atacar as poucas fraquezas que eles têm e minimizar as muitas forças que eles possuem"​, comentou Leo González.

Em sua ultima partida pelo Torneio Apertura na Venezuela, na sexta-feira (09), o Deportivo Lara não saiu do zero contra o Carabobo. E chega mais descansado para a partida que o Corinthians, que jogou e venceu o Botafogo pelo Paulistão no domingo (11).

Separados por um muro no CT Joaquim Grava, os rivais que se enfrentam na quarta-feira treinaram e se prepararam para a partida. O gesto de ceder as dependências do clube pode ser analisado como nobre por parte do Corinthians, mas tem uma motivação maior: o jogo de volta na Venezuela dia 17 de maio.

O país vizinho passa por uma gravíssima crise econômica, e este ano rompeu relações com o Brasil. Fato que está dificultando o encontro de voos para a Venezuela. A logística na Libertadores é um fator de extrema importância para as equipes brasileiras devido as grandes distâncias nos deslocamentos.

Assim como o técnico adversário, Fábio Carille, comandante do Timão, estudou a equipe do Deportivo Lara para encontrar maneiras de vencer e assumir a liderança no grupo. 

"O Lara é um time de muita marcação, que aperta muito o homem da bola. Tem muito definido o lado que sai mais e o lado que sai menos. Ainda vou receber mais informações para fazermos um grande jogo"​, comentou após a vitória contra o Botafogo.

Provável escalação do Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson (4-2-4).

Provável escalação do Deportivo Lara: Salazar; Aponte, Bolívar e Mendoza; Di Giorgi, Valderrey, Sierra, Ramírez e Soto; Falcón e Cardozo (3-5-2).

A arbitragem será realizada por bolivianos: no apito Raul Orosco, auxiliado por Edwar Saavedra e Reluy Vallejos. 

 

 

 

 

VAVEL Logo

Sport Club Corinthians Paulista Notícias

há 16 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês