Após lesão, Douglas comemora gol contra Cabofriense: "Voltando ao ritmo ideal"
(Foto: Mailson Santana)

Douglas ficou mais de 40 dias sem poder atuar pelo Fluminense devido a volta dos sintomas de dores particulares. Contra o Nova Iguaçu, pela 5ª rodada da Taça Rio, o jogador fez sua primeira partida como titular após a volta e teve uma atuação discreta. Já contra a Cabofriense, no último domingo (18), além de vestir a braçadeira de capitão do time, o jogador marcou o gol no empate em 1 a 1. 

O volante agradeceu ao técnico Abel Braga pela confiança. "Agradeço muito ao professor Abel por ter me dado a braçadeira de capitão, pois é uma responsabilidade muito grande e isso me faz crescer e aprender demais", disse.

Contra a Cabofriense, Robinho foi derrubado dentro da área adversária aos quatro minutos do segundo tempo e Douglas bateu o pênalti, convertendo para o Tricolor. "Na hora do pênalti, pedi para bater porque, quando atuava no sub-20 do Flu, eu era o batedor oficial e fiz muitos gols no Brasileiro de 2015, quando fomos campeões. Treino muito, sei como se faz, e tive a felicidade de converter a cobrança", completou.

Durante ausência de Douglas, Jadson e Richard se consolidaram no time titular. Entretanto, o treinador afirmou que Douglas faz parte da equipe titular: "O Douglas hoje é um jogador considerado titular. Ele não vinha jogando porque estava com problema. O problema deixou de existir e eu fico muito contente com isso".

Para o jogador, basta uma sequência de jogos para retornar ao nível que apresentou antes do problema. "Estou voltando ao ritmo ideal. E só jogando para voltar ao meu melhor nível. Agora é continuar trabalhando duro no dia a dia para que as coisas continuem acontecendo de forma positiva para nós", concluiu.

VAVEL Logo