Santa Cruz fica no
empate com Treze, mas garante classificação da Copa Nordeste antecipada
Invicto na Copa do Nordeste, Santa Cruz está classificado de forma antecipada. FOTO: Divulgação / Santa Cruz Futebol Clube.

Santa Cruz fica no empate com Treze, mas garante classificação da Copa Nordeste antecipada

Com o empate em 0 a 0 em Campina Grande e o empate em 1 a 1 entre Confiança e CRB-AL, o Tricolor permanece na liderança e se classifica de forma antecipada

edgarcaetano
Edgar Caetano
TREZETREZE: SAULO; ALEX TRAVASSOS, ÍTALO, FERNANDO, DANILO; LEILSON (GUTO), ELIELTON, DEDÉ, BELEU (TININHO); CANUTAMA, RAYRO (HUGO FREITAS). TÉCNICO: FLÁVIO ARAUJO.
SANTA CRUZSANTA CRUZ: TIAGO MACHOWSKI; VÍTOR, GENÍLSON (AUGUSTO SILVA), DANNY MORAIS, HENRIQUE ÁVILA; LEANDRO SALINO (JORGINHO), LUIZ OTÁVIO, DANIEL SOBRALENSE; ROBINHO, GEOVANI (MAÍLTON), HÉRICLES. TÉCNICO: JÚNIOR ROCHA.
ÁRBITROÁRBITROS: JAILSON MACEDO FREITAS (BA), AUXILIADOS POR DIJALMA SILVA FERREIRA JUNIOR (BA) E CARLOS VIDAL PEREIRA DE OLIVEIRA (BA).
INCIDENCIASINSIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA 5° RODADA DA COPA DO NORDESTE 2018, NO ESTÁDIO AMIGÃO, EM CAMPINA GRANDE, ÀS 19H.

Em jogo válido pela 5° rodada da primeira fase da Copa do Nordeste, o Santa Cruz viajou até Campina Grande, na Paraíba, para enfrentar o Treze, em busca de uma possível classificação de forma antecipada. Com novidades entre os titulares, Leandro Salino no lugar de Jorginho, Geovani, substituindo Fabinho Alves, que cumpre suspensão após expulsão contra o CRB e Daniel Sobralense no meio de campo, que substituiu Arthur Resende, vetado pelo Departamento Médico por contusão, o Tricolor pernambucano tomou as ações do jogo e teve as melhores oportunidades da partida, que não foram bem aproveitadas deixando o empate no placar.

Em menos de um minuto o Tricolor já chegava ao ataque, na finalização de Robinho. Aos 4 minutos, o Santa Cruz teve sua primeira boa oportunidade para abrir o placar. Em boa jogada pela ponta direita, Giovani cortou para dentro, tocou na entrada da área para Leandro Salino, que achou Robinho dentro da área. O atacante Coral limpou o zagueiro e finalizou rasteiro. Saulo fez a defesa. Aos 10, o Treze respondeu com dois escanteios. No segundo, Danny Morais cortou mal e Rayro chutou cruzado com muito perigo a meta de Tiago Machowski, mas a zaga afastou o perigo. Em boa descida, aos 13 minutos, o Treze chegou novamente com Beleu, que chutou de fora da área, mas dessa vez, sem perigo. A Cobra Coral voltou a tomar as ações da partida. Geovani recebeu passe em profundidade e chutou cruzado, com muito perigo a meta do goleiro Saulo, que fez uma boa defesa mandando a bola para lateral.

Aos 24 minutos, a chance mais clara do jogo! Em contra-ataque rápido do Santa Cruz, Henrique Ávila deixou Héricles cara a cara com Saulo. No lance, o falso 9 Tricolor tentou driblar o goleiro Trezeano que deu um bote certo e impediu o primeiro gol Tricolor. Aos 28, resposta do Galo. Dedé, sempre perigoso em chutes de fora da área, aproveitou mais um corte mal feito pelo sistema defensivo do Santa e soltou o pé. Com muito perigo, a bola passou pela linha de fundo e foi para fora. Aos 29 minutos, Genílson se lesiona e é substituído pelo Augusto Silva. Aos 33 minutos, o primeiro cartão amarelo do jogo.

O zagueiro Ítalo comete falta em Geovani quase na linha de escanteio e por reclamação, recebeu cartão amarelo. Aos 36, o também zagueiro do Treze, Fernando Torres também é amarelado pelo baiano Jailson Macedo Freitas após cometer falta no volante Luiz Otávio. Aos 27 minutos, o Santa voltou a assustar o Galo da Borborema. Héricles acha Vítor na entrada da área, que chuta cruzado tentando acertar o canto da meta de Saulo, que cai para a defesa, mas deixa a bola sair em linha de fundo. Aos 40, sai o primeiro cartão amarelo para o Tricolor. Danny Morais, por reclamação.

Aos 41, O Treze cobra a falta e Tiago sai do gol dando um soco na bola afastando o perigo da área Coral. Tomando gosto pelo jogo, o Treze arriscou mais uma vez, de fora da área, dessa vez com lateral Alex Travassos, que manda para longe. Aos 47, o juiz encerra o primeiro tempo. As duas equipes ficaram com o 0 a 0 no placar.

Com o retorno dos times para o segundo tempo, as equipes voltaram a se enfrentar com um futebol pouco vistoso, mas dispostos a buscarem a vitória. Para o Treze, o resultado positivo ainda o deixaria vivo na competição. Por outro lado, o Santa Cruz precisava vencer para se classificar de forma antecipada.

O Tricolor continuava mais ofensivo. Logo aos 6 minutos da etapa complementar o Santa desperdiçou mais uma ótima oportunidade. Em jogada trabalhada, que começou com Danny Morais, passando para Ávila e Héricles, Daniel Sobralence cabeceou firme e mandou a bola no travessão! Aos 8 minutos, Júnior Rocha sacou do time Leandro Salino e pôs em campo o, também volante, Jorginho. Aos 14, Luiz Otávio finaliza, mas sem perigo. O Treze buscava a todo custo atacar a Cobra Coral. Aos 15 minutos, Beleu respondeu com um chute de fora da área sem perigo para Machowski.

Ainda no ataque, aos 17 minutos Edinho bateu cruzado e Tiago voltou a trabalhar. Aos 21, mudança nas duas equipes. Pelo Galo, Beleu deixou o campo para a entrada de Tininho. No Santa, Maílton entrou no lugar de Geovani. Logo aos 24, outra mudança no Treze. Guto entrou no lugar de Elielton, que sentiu uma pancada e pediu para ser substituído. Com as mudanças, os dois times passaram a ter mais velocidade e o jogo foi ficando mais animado. Aos 32, Edinho soltou o pé em cobrança de falta. Tiago mais uma vez estava no lance e fez a defesa. Logo aos 39, um lance esquisito. Ávila cometeu falta no ataque e caiu por cima de Guto.

O volante revidou com uma tapa no rosto do lateral-esquerdo Tricolor e recebeu cartão vermelho direto deixando o Galo com um jogador a menos. Aos 41 o Santa pressionou o Treze mais uma vez em boa jogada de Robinho que tocou para Héricles, que ajeitou para Luiz Otávio isolar. Mais uma boa oportunidade perdida pelos Corais. Em velocidade, Maílton fez boa jogada, mas mandou a bola para fora. Aos 45 minutos, Eleilson recebeu cartão amarelo após boa tentativa de contra-ataque de Ávila. Em seguida, foi a vez de Vítor ser advertido com cartão amarelo. E ficou nisso, Treze 0, Santa Cruz também 0.

Com o empate, o Tricolor pernambucano somou 9 pontos na competição e se classificou de forma antecipada para a próxima fase do Nordestão. A classificação veio devido ao outro empate do seu grupo, entre Confiança e CRB-AL em 1 a 1, em Sergipe. Já o Treze, que somou seu quarto ponto, está desclassificado por não conseguir mais alcançar os demais times no Grupo A. O Santa Cruz volta a campo pela Copa do Nordeste na próxima quarta-feira (28), no Arruda e enfrenta a equipe do Confiança, às 19h. Já o Galo, vai cumprir tabela contra o CRB-AL, fora de casa, também na quarta-feira (28), às 19h.

VAVEL Logo

    Santa Cruz Notícias

    há 12 horas
    há um mês
    há 4 meses
    há 8 meses
    há 8 meses
    há 8 meses
    há 8 meses
    há 8 meses
    há 8 meses
    há 8 meses
    há 8 meses