Torcida do Cruzeiro chega perto, mas não bate seu recorde de público do Brasil na temporada
Torcida do Cruzeiro lotou o estádio mais uma vez, mas não quebrou o recorde (Foto: Cristiane Mattos/Light Press)

A torcida abraçou mesmo o time. Desde o início da temporada, a torcida do Cruzeiro vem dando show no Mineirão. E a expectativa do clube para a segunda partida da semifinal do Campeonato Mineiro era de quebrar a própria marca que foi quando o clube enfrentou o América-MG, pela quinta rodada do Estadual. Na ocasião, 50.794 torcedores estiveram no estádio para assistir ao confronto.

Mas ficou no quase. Na manhã deste domingo (25), 48.566 torcedores estiveram presentes no Mineirão na vitória do Cruzeiro por 2 a 1, em cima do Tupi, não batendo a marca esperada. Ainda no Mineiro, o time terá mais uma oportunidade de quebrar a marca. Por ter terminado em primeiro lugar na primeira fase, a Raposa tem vantagem de atuar no Mineirão no segundo jogo da final do certame.

E os números jogam a favor da torcida do time celeste. Isso porque a presença da chamada “China Azul” é destaque em 2018. Neste ano, a Raposa já levou mais de 200 mil torcedores ao Mineirão. Em oito jogos em casa, 255.840 pessoas estiveram no estádio. A média é de 31.980 por partida. Muito disso é reflexo da campanha do time em campo. São oito vitórias, 100% de aproveitamento no estádio. O time marcou 18 gols e sofreu apenas um.

Faixas contra a violência no gramado

Protesto aconteceu antes da bola rolar no gramado do estádio (Foto: @Mineirão)
Protesto aconteceu antes de a bola rolar no gramado do estádio (Foto: Divulgação/Mineirão)

Antes do jogo, torcedores de um movimento contra a violência tiveram permissão para levar faixas ao gramado do Mineirão. No último final de semana, a segurança da empresa que administra o estádio criou polêmica, proibindo tais manifestações. Mas, em reunião durante esta semana, foi concedido o direito de os torcedores fazerem seu protesto no Gigante da Pampulha.

Em suas redes sociais, a empresa afirmou que apoiar esta homenagem da torcida tem o significado único de manifestarmos em nome do nosso bem mais precioso: a vida.

Confira, na íntegra, a nota do Mineirão

"A responsabilidade de gerir um estádio tão importante é enorme, Gigante. Em meio a diversas situações delicadas que aparecem na operação de uma partida de futebol, uma das mais sensíveis está em atuar perante as situações imprevistas. Nossa missão também é fazer cumprir o Estatuto do Torcedor e contamos com a ajuda de vocês, todos!

Para isso, existe um protocolo por aqui e a verdade é que estamos chateados pois um assunto tão delicado quanto a homenagem do Comando Rasta à Marielle foi enquadrado em nosso procedimento padrão de segurança.

Para a instituição Mineirão, apoiar esta homenagem da torcida tem o significado único de manifestarmos em nome do nosso bem mais precioso: a vida.

Assim como todo o país, repudiamos qualquer ato de violência."

VAVEL Logo