Mano conquista seu primeiro título estadual com o Cruzeiro e o quarto regional da carreira

Treinador já havia vencido os campeonatos paulista e gaúcho com Corinthians e Grêmio

Mano conquista seu primeiro título estadual com o Cruzeiro e o quarto regional da carreira
Com o título mineiro, Mano chegou ao nono na carreira (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

O experiente técnico do Cruzeiro, Mano Menezes, conquistou pela primeira vez o Campeonato Mineiro. E não foi nada fácil. Seu time foi derrotado por 3 a 1 na primeira partida da final e teve que buscar o resultado neste domingo (8), no Mineirão. A vitória por 2 a 0 e o gol marcado na casa do adversário consagraram o treinador de 55 anos e quebrou um jejum de quatro edições da Raposa no Estadual.

Esta foi a quarta conquista regional do treinador gaúcho. No inicio de sua jornada, em 2002, ele leovu o título do turno do Campeonato Gaúcho, com o Guarani de Venâncio Aires. Porém, o Internacional foi o campeão estadual naquele ano. A faixa de campeão do Gaúcho só esteve no peito de Mano em 2006 e 2007, à frente do Grêmio.

A passagem por São Paulo também rendeu ao comandante uma conquista de estadual. Escolhido para ser o treinador na retomada do Corinthians após a queda para a segunda divisão, Mano conseguiu subir com o título da Série B no ano seguinte e conquistou o Paulistão de forma invicta. Mais tarde, conquistaria também a Copa do Brasil.

Após quatro ano, Cruzeiro volta a ser campeão Mineiro (Foto: Agência i7/Mineirão)
Após quatro ano, Cruzeiro volta a ser campeão Mineiro (Foto: Agência i7/Mineirão)

Pela Raposa, esse é o segundo título do treinador. No ano passado, Mano levou o Cruzeiro ao pentacampeonato da Copa do Brasil, título que o clube não conquistava desde a tríplice coroa, em 2003. As outras conquistas de Mano são a Copa do Brasil de 2009, também pelo Corinthians, e os Campeonatos Brasileiros da Série B de 2005 e 2008, por Grêmio e Corinthians, respectivamente.

Em sua passagem pela Seleção Brasileira, o que mais de relevante o treinador conseguiu foi a medalha olímpica de prata com o Brasil e também vencer dois Superclássicos das Américas, amistoso disputado contra a Argentina com jogadores que não atuam fora.