Após 21 dias de treinamentos, Inter enfrenta Vitória pela Copa do Brasil
(Foto: Divulgação / Internacional)

Após 21 dias de treinamentos, Inter enfrenta Vitória pela Copa do Brasil

Passada a 'intertemporada' colorada, os comandados de Odair Hellmann voltam a campo às 19h30 desta quarta-feira (11)

_juanlink_
Juan Link
InternacionalMarcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; Edenílson, Patrick, D’alessandro e Rossi; Roger. Técnico: Odair Hellmann.
VitóriaFernando MIguel; Lucas, Kanu, Walisson Maia, Pedro Botelho; Zé Welison Uillian Correa; Yago, Rhayner, Denílson; Jonatas Belusso. Técnico: Vagner Mancini
ÁRBITROFlávio Rodrigues de Sousa apita auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (Trio paulista)
INCIDENCIASPartida válida pelo jogo sde ida da 4ª fase da Copa do Brasil 2018, com início às 19h30, no estádio Beira Rio, Porto Alegre-RS.

Depois d um período sem partidas oficiais, o Internacional volta a encontrar-se com o seu torceodr. Desta vez, no estádio Beira Rio, o Colorado recebe o Vitória, a partir das 19h30 desta quarta-feira (11), pelo confronto de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

Para o duelo, Odair Hellmann ainda não deve contar com Leandro Damião e William Pottker, ambos estão em processo de recuperação, mas já trabalham com bola depois de ficarem afastados dos campos.  

O Internacional não joga um partida oficial desde o dia 21 de março. Na ocasião, venceu o Grêmio por 2 a 0, no estádio Beira Rio. Placar que não foi suficiente para manter-se na disputa do Campeonato Gaúcho. Desde então, o clube rubro segue uma rotina de treinamentos. A equipe está fazendo uma intertemporada (pré-temporada ao longo dentro do calendário de jogos).

Diferente do Inter, os baianos seguiram até a final do Campeonato Baiano. Mas assim como o Colorado, o leão vem de duas derrotas e a perda do título para o seu maior rival, Bahia. O Vitória conta com um reforço e cinco baixas que vão fazer o técnico Vagner Mancini ‘queimar os neurônios’ para armar a equipe. 

Tempo para arrumar a casa

Sem jogar desde o último dia 21, Odair Hellmann e seus comandados tiveram um longo prazo para corrigir as falhas vistas ao longo do Gauchão. Por mais que o trabalho do novo treinador seja um dos melhores nos últimos anos, a equipe vermelha e branca ainda não trabalha em total sintonia e algumas peças ganham e perdem a titularidade com facilidade.

Neste período de ‘folga’ das competições, o Inter fez dois jogos-treinos. Diante do Caxias, empatou sem gols. Contra o São José, mais um empate, mas destra vez 1 a 1. Por mais que não obteve vitória nos jogos-treinos, deu para ver um Inter diferente nos trabalhos. Uma equipe mais consistente defensivamente, trabalhando com a bola no chão, criando suas jogadas pelo meio de campo. A técnica de alçar bolas na área era uma alternativa nestes testes e não uma regra, como foi nesses últimos anos.

Outra novidade neste período foi Departamento Médico, que está vazio. Mesmo que Damião e Pottker ainda não estejam à disposição, os atacantes já trabalham com o grupo. O lateral-direito Dudu está na mesma condição da dupla de ataque. Uendel, que início da temporada lesionou-se e perdeu a vaga para Iago, atuou nos jogos treinos e está a disposição. Além destes, Danilo Fernandes também já está liberado pelo DM, mas é pouco provável que seja ao menos relacionado para a parida.

No penúltimo treinamento antes da partida, Odair dividiu o trabalho em duas partes. Primeiro, o treinador comandou um exercício de posicionamento e movimentação, sem bola. Após, o técnico  orientou uma atividade tática, visando a partida diante do Vitória. As novidades foram Rossi, na vaga de William Pottker e Roger, no lugar de Leandro Damião. Além de Fabiano, que saiu lesionado no último Gre-Nal, está de volta.

 A equipe do considerada titular que trabalhou no último treinamento tinha como formatação tática o 4-1-4-1 e foi a campo com: Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; Edenílson, Patrick, D’alessandro e Rossi; Roger.

Vitória tenta se recuperar de vice-campeonato baiano

Com o término do Campeonato Baiano, alguns jogadores voltam a pintar na equipe do Vitória. Nomes como os dos zagueiros Kanu e Ramon, dos meias Rhayner e Yago e do atacante Denílson apareceram na lista dos convocados para enfrentar o Inter. Lembrando que estes atletas, estavam suspensos devido ao incidente no clássico da fase classificatórias contra o Bahia.

Apesar da boa notícia dos reforços que voltam de suspensão, o Departamento Médico conta com jogadores do rubro negro. Luan, Filipe Soutto e Neílton seguem no DM e nem viajam para Porto Alegre.  Assim como André Lima e Bryan que já foram liberados pelos médicos mas seguem fazendo trabalho de readaptação.

A lista de convocados conta com os goleiros: Fernando Miguel e Caíque; os laterais: Juninho, Pedro Botelho e Lucas; os zagueiros: Ramon, Kanu e Walisson Maia; os volantes: Ze Welison, Willian Farias, Rodrigo Andrade, Lucas Marques e Uillian Correia; os meias: Baumjohann, Guilherme, Nickson, Yago e Rhayner e os atacantes: Denílson e Jonatas Belusso.

VAVEL Logo

Sport Club Internacional Notícias

há 20 dias
há 24 dias
há 24 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses