Com promessa de grande público, Paraná e Corinthians se enfrentam na Vila Capanema
Foto: Irapitan Costa/Paraná Clube

Embalado pela vitória na primeira rodada do Brasileirão, contra o Fluminense, o Corinthians volta a campo neste domingo para enfrentar o Paraná, que perdeu na estreia para o São Paulo. O palco do confronto será o estádio Vila Capanema em Curitiba. A partida marcará o reencontro entre Fábio Carille e o clube onde ele viveu seus melhores momentos como jogador, o Paraná.

O duelo entre as duas equipes marca a volta do time curitibano ao estádio Vila Capanema em jogos pela série A do Brasileirão. A última vez em que o Paraná esteve na Série A foi em 2007, quando foi rebaixado, e somente agora, após 11 anos jogando a segundona, a equipe conseguiu o acesso.

Na história do confronto o Corinthians leva ampla vantagem frente ao Paraná. Em 18 partidas o Timão ganhou nove, o Tricolor venceu apenas em três ocasiões, além de seis empates

Vila Capanema cheia, chegada de Carlos e a volta de Johny Lucas

Os curitibanos aguardam ansiosamente o retorno do Paraná Clube à sua casa, em jogos válidos pela Primeira Divisão. A última vez que isso aconteceu foi em 2007, ano em que o clube caiu para Série B após a péssima campanha no Brasileirão.

A Vila Capanema foi fundada em 1947, e comporta pouco mais de 16 mil torcedores. A expectativa do clube e de ter a casa cheia, principalmente por ser uma ocasião que não acontece há 11 anos. Os preços dos ingressos variam entre 60 reais (inteira; setor curva norte) e 100 reais (inteira; cadeira especial).

Jhonny Lucas, volante tido como joia, voltou de lesão e pode enfrentar a equipe do Corinthians. O jogador ficou fora devido a uma lesão na panturrilha que o afastou da reta final do Campeonato Paranaense e também da estreia frente ao São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro.

Outra novidade e a chegada do atacante Carlos, ex-Atlético-MG, que foi apresentado pelo clube e explicou o porque de escolher o Paraná.

Eu falei com o meu empresário e falei que ano passado, joguei a Série B pelo Inter. Tinha um objetivo na minha vida de jogar uma Série A. Outros times da Série A me ligaram, mas queria jogar no Paraná por vários fatores”, frisou o jogador.

Com isso, o Paraná tenta esquecer a derrota na primeira rodada e espera fazer uma boa partida frente ao Corinthians.

Provável escalação: Richard; Alemão, Jesiel, Rayan e Mansur; Wesley Dias, Jhonny Lucas (Leandro Vilela) e Caio Henrique; Léo Itaperuna, Silvinho e Carlos.

Emerson poupado e provável escalação

O técnico Fábio Carille divulgou a lista dos relacionados para a partida de domingo, e uma das surpresas foi à ausência do nome de Emerson Sheik. O atacante de 39 anos voltou a ser poupado pelo treinador e não enfrenta o Paraná pela segunda rodada do Brasileirão.

O atleta já havia sido retirado do banco de reservas no jogo de quarta-feira (17), contra o Independiente na Argentina. Emerson havia reclamado de dores, e foi diagnosticado que o jogador estava com torcicolo.

O treinador alvinegro nesta última sexta feira (20), comandou o trabalho com bola somente com a equipe reserva. O time titular trabalhava somente na parte interna do CT Joaquim Grava, onde o foco era a recuperação física dos atletas que encararam uma semana de jogos intensos.

Provável escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon (Rene Jr); Romero, Rodriguinho, Jadson (Mateus Vital) e Clayson.

VAVEL Logo